Carlos Lima
Hoje dia 20/08/2018 às 07:27:55

Agronegócio
Carlos Lima | Publicado em 20/12/2017 às 10:56:31

CNA defende investimentos privados em infraestrutura e logística

CNA defende investimentos privados em infraestrutura e logística CNA defende investimentos privados em infraestrutura e logística

O presidente do Instituto CNA, Roberto Brant, disse nesta terça (19) que a infraestrutura e logística e o ambiente macroeconômico estão entre os principais desafios para a retomada do crescimento no país.

Ele participou, em Brasília, do seminário Desafios para 2018, promovido pelo jornal Correio Braziliense. O evento contou com a presença dos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira, e do presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn.

Representante da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) nos debates, Brant defendeu que é preciso “redesenhar a malha logística do país” para dar mais competitividade ao agro brasileiro e que os investimentos em infraestrutura devem ser assumidos pela iniciativa privada diante da incapacidade do setor público.

Ele lembrou que hoje metade da produção de grãos está na metade norte do país, mas apenas 15% são escoados pelos portos dessas regiões, sendo que o restante acaba sendo transportado para Sul e Sudeste, o que resulta em congestionamento nas estradas e portos e perda de valor para o produtor rural.

“Temos um grande mercado mundial para explorar. Mas isso só será possível quando tivermos um ambiente normal. Acabou o preconceito de que o Brasil não pode ser rico baseado nas exportações de produtos do agronegócio. Estamos convencidos de que pode e o país deve seguir essa trilha. Mas é preciso redesenhar a malha logística do país”.

No ambiente macroeconômico, ele afirmou que é necessário criar condições para que a população demande os produtos do agro no mercado interno.

“A maior parte do agro destina-se ao mercado doméstico. É preciso que haja demanda pelos produtos. A demanda da população ainda é fraca e há excesso de oferta em relação à demanda e por isso os preços de produtos como o leite estão dando prejuízo”.

 

Noticias agrícolas

Comentários

comentários

Veja também