Carlos Lima
Hoje dia 22/04/2018 às 12:32:20

Agronegócio
Carlos Lima | Publicado em 27/01/2018 às 11:37:59

Frigoríficos registram menor margem de comercialização desde agosto de 2016

Frigoríficos registram menor margem de comercialização desde agosto de 2016 Frigoríficos registram menor margem de comercialização desde agosto de 2016

No fechamento do mercado do boi gordo de hoje houve queda em quinze das trinta e duas praças pecuárias pesquisadas.

Na média de todas as praças, a cotação da arroba do boi gordo terminou a semana com 0,9% de retração, recuo puxado principalmente pelos estados de Minas Gerais, Maranhão e Pará.

Em São Paulo, o preço do boi gordo está em R$ 146,00, à vista, livre de Funrural. Entretanto pagamentos acima e abaixo da referência são comuns, dependendo da programação de abate de cada indústria, que é variável e gira em torno de um a até cinco dias.

O consumo da carne está ruim e em função disso os compradores não fazem ofertas atraentes.

A cotação no mercado atacadista de carne bovina com osso caiu 2,4% frente ao último levantamento. A carcaça de bovinos castrados está cotada em R$ 8,96/kg.

Com a desvalorização da carne com osso, a margem de comercialização dos frigoríficos está no menor patamar registrado desde agosto de 2016. Segundo o indicador equivalente Scot Carcaça a margem de comercialização está em 8,8%.

Marina Zaia

Comentários

comentários

Veja também