Carlos Lima
Hoje dia 18/08/2017 às 16:34:48

Cinema
Carlos Lima | Publicado em 31/05/2017 às 11:00:04

David Lynch acha que trailers fazem mal ao cinema

David Lynch acha que trailers fazem mal ao cinema Cineasta responsável pela série Twin Peaks ainda esclareceu que não irá se aposentar da direção de longas-metragens.

De volta aos holofotes por conta a nova temporada da série de suspense cult Twin Peaks, o diretor David Lynch, que já expressou sua insatisfação com o status quo do cinema atual em ocasiões recentes, afirmou que considera que trailers são “prejudiciais” ao cinema.

“Hoje em dia, trailers de filmes contam praticmente a história inteira do filme. Eu acho que eles são realmente prejudiciais”, contou Lynch em entrevista para a revista Rolling Stone. “Pessoalmente, eu não gosto de saber de saber de nada [sobre o filme] antes de entrar na sala de cinema. Eu gosto de descobrir, de entrar naquele mundo, tentar captar da melhor maneira imagens e sons, sem interrupçõe — assim você pode ter uma experiência. Qualquer coisa que putrefaça isso não é boa”, completou.

Tema de intensos debates entre fãs, especialmente nas redes sociais, os numerosos pré-teasers, teasers e trailers que costumam ser divulgados para promover grandes produções geram um debate sobre o quanto do enredo do filme os vídeos deveriam mostrar.

Responsável por filmes como o terror surreal Eraserhead (1977), o drama biográfico O Homem Elefante (1980), o neo-noir Veludo Azul (1986) e o suspense Cidade dos Sonhos (2001), Lynch negou que tenha se aposentado da direção de longas e disse que foi “mal-interpretado” pela imprensa.

“Eu só disse que não é um bom momento para os filmes agora — ao menos opara o tipo de filmes que eu gostaria de ver ou fazer”, explicou o cineasta de 71 anos de idade. “Redes de cinema querem dinheiro, então elas investem em filmes que vão gerar grande bilheteria. A maior parte dos cinemas de filmes de arte já se foram. Eu diria que a TV por assinatura é o novo cinema de arte.”

O último longa-metragem dirigido por Lynch a chegar aos cinemas até então foi o thriller Império dos Sonhos (2006), Laura Dern e Jeremy Irons no elenco.

João Vitor Figueira

Comentários

comentários

Veja também