Carlos Lima
Hoje dia 20/07/2018 às 10:35:07

Cinema
Carlos Lima | Publicado em 02/06/2018 às 09:29:27

HQ revela despedida de Almirante Ackbar que Os Últimos Jedi não mostrou

HQ revela despedida de Almirante Ackbar que Os Últimos Jedi não mostrou Uma saída de mestre emocionante!

Almirante Ackbar, o comandante da Aliança Rebelde na franquia Guerra nas Estrelas, encontrou seu destino final em Star Wars – Os Últimos Jedi.

Entretanto, o modo como o Mon Calamari se foi gerou inúmeras críticas dos fãs, que sentiram que o personagem não ganhou o reconhecimento ou despedida que merecia. Apesar de estar longe de ser um personagem principal da trilogia original, Ackbar teve um papel importante liderando os Rebeldes na Batalha de Endor, que resultou na queda do Império Galático, mostrado em O Retorno de Jedi.

Ackbar foi interpretado por Tim Rose em O Retorno de Jedi, O Despertar da Força e Os Últimos Jedi, e dublado pelo saudoso Erik Bauersfeld nos primeiros filmes e substituído por Tom Kane no mais recente. Ele ganhou o favoritismo dos fãs, especialmente por causa de sua frase de efeito “It’s a trap!” (“É uma armadilha”, na tradução).

Felizmente, a adaptação de Os Últimos Jedi para os quadrinhos deu ao Almirante Ackbar o fim que ele merecia, revelando suas últimas palavras. O personagem comandava a nave da Resistência, fugindo da Primeira Ordem, quando Kylo Ren (Adam Driver) teve a chance de atingir a ponte, mas não o fez, sentindo que sua mãe, Leia Organa (Carrie Fisher), estava lá. Seus subordinados não tiveram a mesma misericórdia e atiraram. Ackbar é notificado por seus companheiros sobre os torpedos que estão a caminho.

O Almirante, então, olha para a tripulação da ponte, aceitando o fato de que seu destino estava selado, e declara seu respeito por eles antes que os mísseis atingissem a nave e destruíssem a ponte. Suas palavras foram: “Foi uma honra servir com todos vocês”.

Considerando que essa sequência é muito rápida no filme, é compreensível que Ackbar não tenha tido seu momento para brilhar. O quadrinho escrito por Gary Whitta e ilustrado por Michael Walsh e Mike Spicer conseguiu acrescentar mais peso emocional à cena, reduzindo a velocidade da mesma. Além disso, mostrou a verdadeira liderança, bravura e compromisso de Ackbar em lutar pela liberdade da galáxia.

Vale lembrar que o spin-off da franquia, Han Solo: Uma História Star Wars, está em cartaz nos cinemas.

  Vitória Pratini

Comentários

comentários

Veja também