Fundo Nacional de Cultura teve menor verba em 10 anos

Jair Bolsonaro (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

 Em meio ao desmonte da política cultural promovido pelo governo Jair Bolsonaro, o Fundo Nacional de Cultura (FNC), principal meio de financiamento governamental ao fomento e produção artística, teve no ano passado o menor valor liberado desde 2009. Ao todo, o repasse foi de apenas R$ 995 mil.

O FNC está ligado diretamente à Lei Rouanet, de incentivo à cultura, juntamente com os Fundos de Investimento Cultural e Artístico (Ficarts) e o mecenato. Segundo reportagem o jornal O Globo, estes dois últimos mecanismos não funcionam na prática.

Segundo dados do site da própria Secretaria Especial de Cultura, o FNC “é alvo de constantes contingenciamentos”. Em 2018, quando ainda estava abrigado sobre o extinto Ministério da Cultura, o fundo beneficiou 66 projetos por meio de R$ 17 milhões.

No ano passado, já no governo Jair Bolsonaro, o FNC beneficiou apenas sete projetos do setor e o valor caiu para apenas R$ 995 mil.  Em 2010, foram liberados R$ 344 milhões para 461 projetos.

247

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

OUTRAS NOTÍCIAS