Carlos Lima
Hoje dia 20/09/2019 às 03:35:07

Cultura
Carlos Lima | Publicado em 23/11/2015 às 07:47:50

Homenagem a Dival Pitombo resgata cultura de Feira

Homenagem a Dival Pitombo resgata cultura de Feira Homenagem a Dival Pitombo

Uma exposição da vida e obra de Dival Pitombo marcou o centenário de um dos ícones da cultura de Feira de Santana, na noite desta sexta-feira, no Museu Parque do Saber, equipamento público que leva o nome do homenageado. A noite também foi de reconhecimento de 10 personalidades feirenses que contribuem para o desenvolvimento cultural da cidade.

As homenagens foram iniciadas com apresentação do Coral das Aposentadas do Instituto de Educação Gastão Guimarães, onde Dival Pitombo lecionou durante anos e inclusive foi seu diretor. E a paixão pela educação foi tanta que ele também de um hino desta escola.

Formado em odontologia pela UFBA, Dival Pitombo pautou sua vida por uma forte inclinação para a área educacional, a arte e a cultura. Tanto que foi reconhecido pelo governo do prefeito José Ronaldo de Carvalho, em 2008, com ao emprestar seu nome ao Museu Parque do Saber.

Diante de uma plateia que lotou o Museu, amigos e familiares de Dival prestaram homenagens e relataram passagens marcantes de sua vida. Dentre eles os filhos Volney, Vanda, Jorge, George e Lígia. Destaques especiais feitos pelo diretor-presidente da Fundação Egberto Costa, Antônio Carlos Coelho, demonstrando a dimensão da contribuição do homenageado para o desenvolvimento da cultura feirense.

Amigos como Denise Caribé Teixeira resume o homenageado como “um ser multidimensional”. Inúmeros outros relatos de diversas personalidades, inclusive intelectuais e familiares, foram apresentados em vídeos.

Mas coube ao professor Raimundo Luiz Lopes, da UEFS, a palestra que encantou o público com histórias da vida e obra do patrono do museu. Ele abordou sobre a produção cultural e ainda convidou o público a prestigiar a exposição da vida e obra de Dival Pitombo, acervo do qual parte lhe pertence.

Os depoimentos de filhos, Jorge e Volney, emocionaram a plateia, da mesma forma que o depoimento da filha de Áureo Filho, Marinita Oliveira.

As homenagens prosseguiram com a entrega da Medalha Dr. Dival Pitombo e também de placas comemorativas. Dentre os homenageados, o secretário de Comunicação Social, Valdomiro Silva, que esteve representado pelo jornalista Tanúrio Brito; José Antônio de Carvalho Macedo, Luciano Charles de Lima, Maria Gorete Figueiredo, Lia Célia Pires, Iani Brasileiro, Raimundo Luiz de Oliveira, Nilton Belas Vieira (representado pela Lélia Vitor Fernandes) e Edson Almeida Machado.

Fundação Egberto Costa

Comentários

comentários

Veja também