Carlos Lima
Hoje dia 19/09/2019 às 09:09:19

Curiosidades
Carlos Lima | Publicado em 01/11/2015 às 15:12:06

EM 2001 FHC ASSINA ACORDO PARA FINANCIAR METRÔ DE CARACAS A PORTO DE MARIEL

EM 2001 FHC ASSINA ACORDO PARA FINANCIAR METRÔ DE CARACAS A PORTO DE MARIEL Fidel, Hugo Chaves e FHC

Não podemos levar a sério a grande mídia e a oposição ao governo Dilma Rousseff.

Eles perderam completamente qualquer compostura e racionalidade na hora de criticar o governo Dilma.

A verdade só não tem a repercussão necessária para que o povo possa fazer opinião, porque a mídia brasileira também é ridícula e simplesmente não repercute as notícias verdadeiras.

O mico cubano ainda está na mente do povo. A denúncia aparentemente surtiu o efeito desejado.

Fizeram um carnaval de críticas sobre os empréstimos do BNDES às obras do Porto de Mariel, em Cuba.

Afirmavam que o dinheiro que ia para Cuba Também estava sendo desviado para a Venezuela chavista, além de outros países com ideologias alinhadas com o PT.

Muita cara de pau.

Qualquer dia eu vou começar a imprimir e guardar as notícias das coisas que o governo tucano fazia e a posição “indignada” do PSDB sobre as mesmas coisas no governo petista.

Fernando Henrique diretamente e o BNDES, sob seu comando fizeram empréstimos a Cuba, aliás muito corretamente.

Aqui está o memorando de entendimento entre Brasil e Cuba para financiar a compra de alimentos com recursos orçamentários – reparem, orçamentários, diretamente da União – através do Proex (leia-se Banco do Brasil) em US$ 15 milhões,  firmado em 1998.

Mas foi comida, aí era humantário?

E o que dizem do financiamento a ônibus de turismo para a ilha de Fidel, como está consignado no relatório de atividades do BNDES do ano de 2000?

“(…)o apoio do BNDES a exportações de ônibus de turismo e urbanos para Cuba somou cerca de US$ 28 milhões. Cabe destacar o financiamento concedido para a aquisição de 125 ônibus Busscar com mecânica Volvo, utilizados na dinamização da atividade turística desse país, no valor total de US$ 15 milhões”

Mas teve também para a “Venezuela chavista”.

Em 2001 os presidentes de Cuba , Venezuela assinaram um acordo para que o BNDES financiasse o metrô de Caracas, e Porto de Mariel – Foto histórica hein ?!? (Para tirar dúvidas, coloquem no Google as palavras fhc cuba para vocês encontrarem outras imagens do mesmo evento)

“Projeto da Linha IV do Metrô de Caracas (Construtora Norberto Odebrecht S.A.) – Construção do primeiro trecho, com extensão de 5,5 km. O investimento total do projeto soma US$ 183 milhões, sendo o financiamento do BNDES de US$ 107,5 milhões, correspondentes a 100% das exportações brasileiras de bens e serviços e ao seguro de crédito às exportações.”

Uai, igualzinho ao Porto de Mariel? E com a mesma empreiteira, a Odebrecht?

É verdade que os tucanos fazem uma ressalva: “Fosse o Brasil um país que esbanjasse dinheiro e com questões de infraestrutura e logística resolvidas, poderia até ser compreensível.”

Fico imaginando a cara de Aécio Neves diante de algum repórter que lhe perguntasse se no governo FHC podia-se emprestar dinheiro à Cuba e à Venezuela porque não existiam problemas de logística e infra-estrutura no Brasil dos tucanos.

cljornal com informações do Tijolaço

Comentários

comentários

Veja também