Carlos Lima
Hoje dia 11/11/2019 às 20:37:18

Curiosidades
Carlos Lima | Publicado em 14/10/2019 às 10:15:06

NASA detecta asteroide tão grande como meteoro de Chelyabinsk perto da Terra

NASA detecta asteroide tão grande como meteoro de Chelyabinsk perto da Terra NASA detecta asteroide tão grande como meteoro de Chelyabinsk perto da Terra. Foto: CC0 / Pixabay

Telescópios monitoram constantemente milhares de asteroides no nosso Sistema Solar, sendo que alguns destes corpos celestes podem constituir ameaça se os seus caminhos se cruzarem com o da Terra.

No entanto, às vezes, até mesmo telescópios perdem potenciais ameaças, como foi o caso do meteoro que explodiu sobre Chelyabinsk em 2013.

Dados do Centro de Estudo de Objetos Próximos à Terra (CNEOS, na sigla em inglês) da NASA mostram que o asteroide 2019 TA7 passará perto da Terra nesta segunda-feira (14), por volta das 19h53.

No entanto, não se espera que o asteroide, que tem um diâmetro entre 15 e 34 metros, entre na atmosfera do nosso planeta. A rocha espacial passará a 1.485.000 quilômetros de distância.

Mas mesmo que entrasse na atmosfera, dificilmente chegaria intacto à superfície, uma vez que o seu tamanho é relativamente pequeno. Apesar disso, asteroides pequenos ainda são capazes de causar estragos, como foi provado pelo meteoro de Chelyabinsk em 13 de fevereiro de 2013.

Danos causados em Chelyabinsk

Em 2013, um meteoro de cerca de 20 metros de diâmetro, que não foi detectado até entrar na atmosfera da Terra, explodiu no céu acima da cidade russa com potência de bombas nucleares, causando danos em mais de 7.000 edifícios e deixando cerca de 1.500 pessoas feridas.

Desde 2019, o TA7 orbita o Sol, e não será a primeira nem a última vez que seu caminho cruza o da Terra. Espera-se que sua próxima aproximação ocorra já em outubro de 2021.

Nesta semana, a Terra será abordada pelo asteroide 2019 TK5. O corpo celeste, com um diâmetro entre 9 e 19 metros, se aproximará mais do que 2019 TA7 – a cerca de 955 mil quilômetros do nosso planeta. Chegará mais perto da Terra no dia 19 de outubro, por volta das 4h33.

Sputnik

Comentários

comentários

Veja também