Carlos Lima
Hoje dia 24/06/2019 às 23:57:10

Blog Carlos Lima
Carlos Lima | Publicado em 09/01/2019 às 15:26:04

Cada um enxerga o que a vista e o sentimento conseguem captar/por Carlos Lima

Cada um enxerga o que a vista e o sentimento conseguem captar/por Carlos Lima

Enquanto alguns acreditam nos desencontros do atual governo, para outros essa não é a verdade nacional.

Tomando como foco o que ele diz e comenta, os resultados invariavelmente confirmam as contradições para a defesa da soberania nacional, como a supressão de direitos, submissão aos interesses do império norte americano; venda dos ativos brasileiros; saída do pacto migratório e privatização das estatais.

É um verdadeiro desmonte da estrutura do país.

Entretanto cada um enxerga o que a vista e o sentimento conseguem captar.

A falta de conhecimento de boa parte dos nossos representantes políticos e lideranças sociais deixam turva a lente da razão, solapando o país nos seus mais elementares direitos sociais enquanto nação livre e soberana.

 Para os ignorantes não existe ideologia de direita, apenas a nefasta, segundo eles, ideologia de esquerda.

O governo atual se utiliza de um arcabouço ideológico de extrema direita, que é anacrônico, conservador e destrutivo.

Nesse governo qualquer informação contrária à sua é maléfica mesmo sem conhecer seu conteúdo.

Demoniza aquilo que considera como ideologia de esquerda, que na verdade desenvolve ações para atender as classes mais carentes, lutando por uma distribuição de renda mais justa e menos desigual.

A ignorância se vestiu de verde e amarelo em seu plano, inexistente, de overno.

Protege uma minoria de grupos capitalizados em sacrifício e sofrimento de uma parte significativa população que forma os  despossuídos de capital financeiro e até mesmo das necessidades mais elementares.

Até aqui, com nove dias de governo, tem sido o desenho da formatação política de um governo plutocrata.

Onde os verdadeiros beneficiados nesta farra financiada pelo erário,  é uma minoria elitista, enquanto o povão é totalmente excluído do banquete para o qual não foi e jamais será convidado.

Esse desigual modelo político tem sido uma práxis nas paginas da nossa história, com raro momento exceção.

A prática nazista da mentira repetida muitas vezes se tornar verdade, foi confirmada por esse governo durante a campanha e prossegue como linha programática administrativa.

Provando que a história acontece pela primeira em forma de tragédia e quando se repete é uma farsa.

A mentira   e o mal não se sustentam.

Não tenho a menor dúvida de que o conhecer deve ser plural.

Eles não pensam assim.

A tentativa da implantação da “Escola sem Partido,” seria a dosagem máxima que o atual governo teria para reduzir o conhecimento para um único ponto de vista, o deles.

Com isso estaria edificando o pensamento único, o pensamento da submissão e da subserviência.

Não conseguiram e não conseguirão, torçamos por isto.

Carlos Lima

Comentários

comentários

Veja também