Carlos Lima
Hoje dia 20/10/2019 às 09:53:27

Sergio Jones
Sérgio Jones | Publicado em 20/09/2019 às 09:36:12

Colbert vai a Portugal proferir palestra sobre Mobilidade Urbana ou a prática de Transporte Clandestino em Feira? / Sergio Jones*

Colbert vai a Portugal proferir palestra sobre Mobilidade Urbana ou a prática de Transporte Clandestino em Feira? / Sergio Jones*

Se comenta nos bastidores da política feirense que o prefeito Colbert Martins, político que não dispões de luz própria, assumiu a prefeitura de Feira de Santana, como é do conhecimento de todos, catapultado pelo ex- alcaide e adversário político José Ronaldo.

Este comanda o destino político do município, há décadas. Importante esclarecer que o ex não se projeta neste cenário pelas suas qualidades de bom gestor. E sim por ser um hábil manipulador nesta prática.

E por desenvolver a famosa política do compadrio que lhe tem garantido sucessivas eleições vitoriosas, e de seus títeres.

O atual “mandatário” em ano pré-eleitoral começa a se articular visando a sua reeleição. O que significa dizer que o objetivo é manter velhas práticas, algumas segundo a ótica popular, lesivas ao interesse público.

O exemplo bem significativo de tal articulação será a sua ida para Portugal, tendo como finalidade realizar palestra sobre Mobilidade Urbana.

Tal pretensão seria hilária, se não fosse trágica. Como é possível de falar de algo que não se conhece?

Poderia falar ele, com muita competência, sobre Imobilidade Urbana e a prática de transporte clandestino no município. Esta é a realidade que acontece em Feira de Santana, há décadas.

Devido a evidente incapacidade administrativa de sucessivos governos que só têm os olhos voltados para os seus mesquinhos interesses.

Um exemplo da esbórnia que se tornou o transporte coletivo em Feira é o emblemático Bus Rapid Transit (BRT), que por volta de 2016, surgiu como a solução para atender plenamente este tipo de serviço.

O que teria inicialmente um custo em torno de 86 milhões. Já vai completar quatro anos, e estes custos superam, atualmente, a cifra de mais de 100 milhões. Pasmem, a obra ainda permanece inconclusa.

A nova promessa destes arremedos de políticos e homens públicos, que tomaram o município de assalto através de práticas nem sempre confessáveis. É que prometem entregar a obra do BRT, por etapas.

O que deixa transparecer, com tais afirmações, é que o prefeito atual a exemplos de seus antecessores, estão mais aptos a fazerem piadas e falsas previsões, do que resolver, de forma efetiva, os problemas que atendam, minimamente, os reais e legítimos interesses do povo.

Outra piada proferida pelo humorístico “mandatário” aconteceu durante entrevista realizada, algum tempo atrás, em uma emissora de rádio local.

Com a lenga-lenga de sempre, disse que sua visita a Portugal, provavelmente deverá ocorrer no início do mês de outubro, tem como finalidade realizar uma palestra para autoridades dos principais países europeus.

Tendo como tema Mobilidade Urbana na Cidade de Feira de Santana.

O curioso de toda esta peça trágico-cômica é justamente o fato da inexistência de tal programa, em Feira. A não ser se considerar ele o transporte clandestino, como um eficiente programa de “Mobilidade Urbana”.

Importante esclarecer que o atual prefeito, além de desconhecer o tema, ele e os seus respectivos familiares, jamais fizeram uso do transporte público. O mesmo se aplica aos demais políticos da cidade de Lucas.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Comentários

comentários

Veja também