Carlos Lima
Hoje dia 06/04/2020 às 15:51:22

Feira de Santana
Carlos Lima | Publicado em 01/02/2020 às 11:49:12

Feira: um peso, e duas medidas / Por Sérgio Jones*

Feira: um peso, e duas medidas / Por Sérgio Jones* Charge do Borega

Seria trágico se não fosse cômico a postura adotada pelo alcaide feirense, Colbert Martins, que em uma de suas inúmeras ações administrativas equivocadas e de cunho tendenciosa. Determinou a realização de uma Blitz que foi conduzida pela Secretaria de Meio Ambiente (SEMMAM).

O resultado da ópera Bufa foi veiculado pela imprensa, chapa branca, como um grande feito administrativo. A colheita do ato, sob o falso argumento que estava combatendo a poluição visual, resultou no recolhimento de mais de 200 placas de publicidades, consideradas irregulares.

A ação se desenvolveu na manhã de ontem, sexta-feira (31), tendo como alvo o centro da cidade e os bairros Conceição, Mangabeira, São João, Brasília, Serraria Brasil e Tomba.

O outro lado da face da moeda é que o prefeito, juntamente com seu estafe, vem fazendo sucessivas e abusivas propagandas políticas que agridem de forma visual e auditiva, toda a população. Não só se utilizando da mídia como também ocupado espaços públicos para expor ações de seu governo, como compra de maquinário e outros penduricalhos.

Estas ações são apresentadas como a salvação da lavoura e a redenção de todos males sociais. O curioso é que tudo isso acontece, em ano eleitoral. Tal comportamento pode ser considerado legal, mas se apresenta aos olhos do povo, como imoral.

Diz um velho e sábio adágio popular: O pau que dá em Chico dá em Francisco. Mas o que deixa transparecer, a atual gestão, é que macaco não olha para o próprio rabo.

Este governo peca pela falta de isenção uma vez que para o poder, a moeda dispõe de uma única face, aquela que atenda e justifique os seus mesquinhos objetivos. O que deixa cristalino ser este um governo de um peso, e duas medidas.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Comentários

comentários

Veja também