Carlos Lima
Hoje dia 09/04/2020 às 20:53:51

Feira de Santana
Carlos Lima | Publicado em 11/03/2020 às 09:33:29

Feira: Vereador Tourinho protocola no MPE representação criminal contra o prefeito Colbert / Sérgio Jones*

Feira: Vereador Tourinho protocola no MPE representação criminal contra o prefeito Colbert / Sérgio Jones* Vereador Roberto Tourinho

Ao que parece, e tudo leva a crer, é que a administração municipal, que se encontra nas mãos do mesmo grupo político por mais de duas décadas, está atolada em um lodaçal de corrupção. O ex-prefeito, José Ronaldo, está com bens, no valor de 24 milhões, bloqueados pela justiça.

O atual prefeito Colbert Martins, ex-presidiário, tem sido alvo de denúncias reiteradamente que o coloca em xeque quanto a lisura de sua administração no trato da coisa pública, além de responder por inúmeras outras ilegalidades cometidas.

Agora está sendo alvo de denúncia proferida pelo vereador Roberto Tourinho (PV), feita durante sessão ordinária desta terça-feira (10), que aponta irregularidades em uma licitação realizada pela Prefeitura de Feira de Santana, para a compra de lâmpadas de LED.

O legislador afirmou que lhe causou estranheza o fato de uma empresa que ficou em décimo lugar num processo licitatório ter sido contratada pela Prefeitura de Feira de Santana. “A organização criminosa quis que a empresa Unicoba Energia S.A fosse a vencedora, mas no certame ela colocou um valor de R$ 2 milhões a mais que a M.M. Materiais Elétricos. E, no dia 7 de março, essa organização publicou a revogação do processo licitatório. Em 15 de janeiro, o alcaide concedeu uma entrevista e confessou que contratou a empresa Unicoba, 10ª colocada na licitação, para prestar serviço ao Município”, garante.

Tal comportamento, bastante suspeito, fez com que o vereador fizesse a seguinte indagação: “Como a 10ª colocada foi contratada. O prefeito anunciou que fez uma associação à ata de registro de preço de Salvador comprando da mesma empresa que vendeu para Salvador, qual seja a Unicoba”.

Outra pertinente observação feita por Tourinho é que o Diário Oficial do Município, 07 de março de 2019, trouxe que a licitação para a compra de lâmpadas de LED foi revogada, entretanto, no site do Banco do Brasil – local que ficam disponíveis todos os pregões eletrônicos – a licitação constava de outra forma.

A grande contradição é observada e questionada pelo vereador: “Como a Prefeitura anuncia a revogação, mas, no sítio do Banco do Brasil, está é apresentada como suspensa”?

Para ele, tal fato se apresenta como um grande imbróglio em que sinaliza que diversas ilegalidades foram cometidas pela Prefeitura de Feira de Santana, na licitação das lâmpadas de LED. Em virtude dessa lamentável situação, ele tomou a iniciativa e protocolou no Ministério Público Estadual (MPE) uma representação criminal contra o prefeito Colbert Filho e outros membros da administração pública municipal.

Também anunciou que vai entrar como uma Ação Popular na 2ª Vara da Fazenda Pública, em caráter liminar, para que seja suspensa, de imediato, o contrato entre a Prefeitura e a empresa.

O que nos resta para nós, meros mortais, é aguardar os resultados e torcer para que sejam adotadas as medidas necessárias. E se constatado o crime, que os responsáveis sejam punidos regiamente, de acordo com os ditames da lei.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Comentários

comentários

Veja também