Carlos Lima
Hoje dia 20/08/2017 às 17:32:12

Ciências
Carlos Lima | Publicado em 18/07/2017 às 16:14:12

Imagem de satélite mostra movimento de iceberg gigante que se desprendeu da Antártica

Imagem de satélite mostra movimento de iceberg gigante que se desprendeu da Antártica Cientistas acompanham de perto deslocamento de um dos maiores blocos de gelo a se desprender do continente gelado.

O iceberg gigante que se desprendeu na Antártica na última semana continua se deslocando para o mar aberto. Imagens de satélite mostram uma fenda entre o bloco de gelo de seis mil quilômetros quadrados, batizado de A-68, e a plataforma gelada Larsen C.

O satélite Deimos-1 capturou a imagem na sexta-feira (14), o que não é fácil nesta época do ano na Antártica, por causa de suas longas noites de inverno cobertas de nuvens. A espaçonave que conseguiu avistar o iceberg usou radares e sensores infravermelhos para superar essa limitação.

Até agora, o bloco de gelo, que tem uma área um pouco maior que o Distrito Federal e é um dos maiores já registrados, está se comportando como esperado por cientistas. Em teoria, ele deveria deslizar para o mar pelo declive formado pela ação de águas empurradas contra a costa pelos ventos do Mar de Weddell.

Mas por conta da força de Coriolis, produzida pela rotação da Terra, o iceberg é empurrado para a esquerda – o lado contrário -, e isto deve manter o bloco relativamente próximo à fronteira do continente gelado.

Na imagem do satélite Deimos, parece que um bloco de “gelo permanente” (a área de mar congelada ao longo da costa), antes grudado ao iceberg, agora se soltou. Este gelo permanente é consideravelmente mais fino que o bloco principal e tem poucos metros de espessura (enquanto que o iceberg tem 200 metros a mais).

BBC

Comentários

comentários

Veja também