Carlos Lima
Hoje dia 20/09/2018 às 16:09:36

Religião
Carlos Lima | Publicado em 01/09/2018 às 12:13:41

Padre Bertolim no encontro do Papa com os Josefinos

Padre Bertolim no encontro do Papa com os Josefinos Papa com Oblatos de São José (Vatican Media)

Os Padres Josefinos coroaram seus trabalhos Capitulares, -realizados na Casa Geral, em Roma, de 2 a 30 d0 mês de agosto, – com a audiência do Santo Padre.

Participaram do XVII Capítulo Geral 50 representantes de diversos países do mundo, entre os quais o Brasil, na pessoa do Provincial Padre Neto e do Padre José Antônio Bertolim, que, ao término da audiência, assim se expressou sobre o encontro:

A Congregação dos Oblatos de São José foi fundada pelo sacerdote italiano, José Marello (1844-1895), para “o serviço de Deus, sob a imitação de São José, e a educação cristã da juventude”.

José Marello, Bispo de Acqui, norte da Itália, foi beatificado, em Asti, por São João Paulo II, em 26 de setembro de 1993, e por ele proclamado Santo em 25 de novembro de 2001.

Os quatro primeiros Josefinos, reunidos em Asti, em março de 1879, receberam o hábito religioso e, em 18 março de 1901, emitiram os votos religiosos diante do Bispo de Asti, Dom Jacinto Arcanjo.

O Instituto tornou-se Congregação de Direito Pontifício em 11 de abril de 1909 e suas Constituições foram aprovadas pela Santa Sé em 1º de dezembro de 1929.

Os Oblatos de São José dedicam-se ao ministério paroquial, ao apostolado missionário, à educação dos jovens.

Os Padres Josefinos estão presentes nos cinco Continentes do mundo: além da Itália e Espanha, desde 1915, são missionários em onze países: Filipinas (1915), Brasil (1919), Estados Unidos (1929), Bolívia e Peru (1948), México (1951), Polônia (1980), Índia (1982), Nigéria (1990), Austrália (2009), El Salvador (2013).

Em 31 de dezembro de 2008, a Congregação dos Oblatos de São José de Asti tinha 100 casas e 570 religiosos, dos quais 378 sacerdotes.

Após o XVII Capítulo Geral, o novo Conselho, para o próximo sexênio, é composto pelo polonês, Padre Jan Pelczarski, Superior Geral, e pelos Padres John Attulli, indiano e Vigário Geral, Francesco Russo, italiano, Michael Odubela, nigeriano, e Máximo Sevilla, filipino.

Manuel Tavares

Comentários

comentários

Veja também