Carlos Lima
Hoje dia 22/07/2017 às 00:36:34

Ciências
Carlos Lima | Publicado em 02/06/2017 às 09:29:56

Peixe ‘sem cara’ das profundezas do oceano é visto pela primeira vez desde 1873

Peixe ‘sem cara’ das profundezas do oceano é visto pela primeira vez desde 1873 Após um século sem ser visto, peixe “sem rosto” é redescoberto

Um peixe ‘sem cara’ flagrado pela última vez em 1873 foi ‘redescoberto’ por cientistas na Austrália.

O animal tem 40 cm e foi achado a 4 mil metros abaixo do nível do mar.

A redescoberta aconteceu durante uma missão coordenada por uma equipe de cientistas internacionais que explora, à distância, as profundezas de um enorme abismo na costa leste da Austrália.

O chefe da missão, Tim O’Hara, diz que a região seria “o habitat menos explorado da Terra” e que os cientistas esperam descobrir várias novas espécies.

A equipe tem recolhido animais das profundezas usando um aparato semelhante a um trenó de aço, preso a um cabo reforçado de 8 km.

O peixe sem face não tem olhos e nariz, e sua boca fica na parte de baixo do corpo.

“Esse pequeno peixe é fantástico porque a boca está situada na parte de baixo do animal, então quando você olha pelos lados não consegue ver os olhos, nem as guelras e a boca”, disse Tim O’Hara, líder da missão e curador de invertebrados marinhos no Museu Victoria, em entrevista ao jornal inglês. “Parecem duas caudas em um peixe.”

Expedição

O navio de pesquisas conta com 27 cientistas, 13 técnicos e 20 tripulantes. Para os estudos, todos os dias um equipamento de metal é instalado na ponta de um cabo com 8 quilômetros de comprimento e lançado até o fundo do abismo. Uma câmera também é acoplada para registrar o que está escondido nas profundezas, com temperaturas de apenas 1ºC.

A missão será encerrada no dia 16 de junho.

 

RAFAELA LIMA

Comentários

comentários

Veja também