Carlos Lima
Hoje dia 23/07/2018 às 11:41:10

Religião
Carlos Lima | Publicado em 30/12/2017 às 11:55:10

Putin ressalta relação construtiva com Papa

Putin ressalta relação construtiva com Papa Russian Prime Minister VladimirPresidente russo falou sobre Itália e EUA também Putin adjusts his sunglasses as he watches an air show during MAKS-2011, the International Aviation and Space Show, in Zhukovsky, outside Moscow, on August 17, 2011.

Em sua tradicional saudação aos líderes mundiais de fim de ano, publicada no site do Kremlin neste sábado (30), o presidente da Rússia, Vladimir Putin, citou o papa Francisco e disse desejar manter as boas relações com o Vaticano.

O mandatário destaca que mantém “a esperança de poder continuar com a cooperação construtiva entre Rússia e Vaticano para proteger a paz e os valores humanos globais, e reforçar o diálogo entre civilidade e religiões”.

A Francisco, Putin deseja “saúde, felicidade e sucesso em seus nobres esforços”.

Desde que assumiu seu Pontificado, em 2013, Jorge Mario Bergoglio vem tentando aproximar a Igreja Católica da Igreja Ortodoxa Russa – em parceria que está mais lenta, por exemplo, do que com os ortodoxos de Constantinopla.

Durante este ano, passos diplomáticos mais concretos foram dados, tanto que o embaixador russo no Vaticano, Alexander Avdeev, afirmou que há “mais confiança” entre o presidente e o Papa.

– Itália e EUA: A mensagem ainda destacou as “boas relações com a Itália” e Putin afirmou ao presidente do país, Sergio Mattarella, e ao primeiro-ministro, Paolo Gentiloni, que “aprecia muito as relações com os italianos, baseadas em uma secular tradição de amizade, respeito recíproco e afinidade”.

Segundo o líder russo, “mesmo com a difícil situação internacional, a cooperação russo-italiana em 2017 registrou progressos muito positivos”.

Já sobre seu polêmico homólogo norte-americano, Donald Trump, o chefe de Estado destacou que espera que existam “princípios de igualdade e respeito recíproco” no próximo ano.

“Em sua mensagem de saudação ao presidente dos EUA, Putin destacou, entre outras coisas, a sua forte convicção que no atual contexto internacional difícil, é particularmente importante para a Rússia e os Estados Unidos comprometer-se com um diálogo construtivo a fim de melhorar a estabilidade estratégica global e encontrar as melhores soluções aos desafios e ameaças globais”, escreveu o Kremlin.

Ansa

Comentários

comentários

Veja também