Carlos Lima
Hoje dia 15/12/2017 às 00:55:47

Economia
Carlos Lima | Publicado em 01/12/2017 às 09:22:49

A Liberdade de não ter Direitos

A Liberdade de não ter Direitos AINDA TEM MAIS

O estudo da história sempre teve o objetivo de mostrar às sociedades os erros que foram cometidos para evitar a repetição destes.

Na atual conjuntura brasileira estamos evitando a todo custo olhar para a história, pois isso seria o mesmo que olhar os ferimentos e cicatrizes que estamos realizando em nossa estrutura social e econômica.

No auge da revolução industrial não havia direitos trabalhistas e nem regulamentações sobre as empresas, desta forma foi o mais próximo que chegamos do livre mercado.

Nesta época de ouro da liberdade os homens trabalhavam até 16 horas por dia, as mulheres 14 e crianças começavam a ser exploradas a partir dos 6 anos.

Não havia sindicatos atrapalhando o livre comércio e nem governos ineficientes e o equilíbrio de mercado estava sempre satisfeito com altos lucros.

A reforma trabalhista traz ao Brasil uma viagem no tempo onde desfrutaremos da eficiência de mercado em explorar o trabalhador.

A reforma trabalhista vem permitir que gravidas trabalhem em locais insalubres e perigosos, diminuir o horário de almoço em até meia hora, permite a demissão em comum acordo, a contratação como pessoa jurídica sem direito a férias, décimo terceiro ou horas extras.

No mês de novembro começamos a desfrutar da eficiência de mercado com a reforma trabalhista, a terceirização, o congelamento de gastos sociais e ano que vem teremos ainda a reforma da previdência.

O Brasil é o país onde se realiza reformas para derrubar a casa dos trabalhadores e erguer uma mansão em seu lugar, de reforma em reforma fomos perdendo as nossas casas e com elas o direito a sermos cidadãos.

Sejam todos bem vindos à liberdade de não ter direitos.

*Wallison Ulisses Silva dos Santos é economista e mestre em economia pela UFMT, especializando-se em Direito Trabalhista pela UNOPAR, professor de economia no Instituto Cuiabano de Educação (ICE), assessor econômico da Associação dos Revendedores de Veículos do Estado de Mato Grosso (AGENCIAUTO MT), membro da Associação Sustentabilidade para Todos MT.

Comentários

comentários

Veja também