Carlos Lima
Hoje dia 22/11/2017 às 11:25:30

Economia
Carlos Lima | Publicado em 28/06/2017 às 15:04:48

Juro do cartão de crédito em maio cai para a menor taxa em 2 anos, diz BC

Juro do cartão de crédito em maio cai para a menor taxa em 2 anos, diz BC No segundo mês das novas regras do rotativo, taxas médias para pessoas físicas recuaram para 363% ao ano.

A taxa média de juros do cartão de crédito rotativo para pessoas físicas recuou para a menor taxa em dois anos, para 363,3% ao ano em maio, no segundo mês das novas regras da modalidade, informou o Banco Central nesta quarta-feira (28). A última vez que os juros ficaram abaixo deste patamar foi em maio de 2015, a 355% ao ano.

Em abril, os juros haviam caído de 490% para 422,5% ao ano, a menor taxa desde outubro de 2015.

O mês de março foi o último antes das mudanças nas regras do cartão de crédito. Pelas novas normas, que começaram a valer em abril, o rotativo só pode ser usado até o vencimento da fatura seguinte. Se na data do vencimento o cliente não tiver feito o pagamento total do valor da fatura, o restante terá que ser parcelado ou quitado.

A expectativa do governo federal é que as medidas façam com que os juros do cartão caiam pela metade do patamar registrado na época em que as novas regras entraram em vigor, ou seja, para cerca de 245% ao ano.

Mesmo com essa queda, a taxa de juros cobrada pelos bancos ainda seria muito elevada para padrões internacionais.

Juro bancário médio cai em maio

A taxa média de juros das operações de crédito do sistema financeiro caiu 1 ponto percentual em maio, ficando em 29,2% ao ano, segundo dados divulgados pelo Banco Central nesta quarta-feira (28). A taxa média no crédito livre diminuiu 2,5 pontos percentuais no mês, alcançando 46,8% ao ano.

Consideradas taxas de juros mensais, o recuo observado no cartão de crédito rotativo regular correspondeu à redução de 12,2% a.m. para 10,9% a.m. No cartão parcelado, a taxa recuou de 8,4% a.m. para 8,3% a.m.

Taís Laporta

Comentários

comentários

Veja também