Carlos Lima
Hoje dia 20/10/2017 às 18:01:39

Economia
Carlos Lima | Publicado em 26/09/2017 às 17:13:53

Medida provisória criminosa atrasa pagamento do PIS/Pasep para idosos e aposentados

Medida provisória criminosa atrasa pagamento do PIS/Pasep para idosos e aposentados

O presidente Michel Temer anunciou que a medida provisória (MP) 797/17, que autorizou o saque do saldo do PIS/Pasep para mulheres a partir de 62 anos e para homens a partir de 65, beneficiaria 7,8 milhões de trabalhadores.

Mas, na verdade, a metade deles já tinha direito ao abono.

Segundo o Ministério do Planejamento, do total de favorecidos, quatro milhões têm mais de 70 anos, ou seja, poderiam sacar o fundo de acordo com lei anterior.

O problema agora é que esses quatro milhões de trabalhadores, que teriam acesso ao dinheiro imediatamente, terão que esperar a divulgação de um novo calendário de pagamentos, que vai de outubro deste ano a março de 2018, dependendo do mês de aniversário do trabalhador.

Por meio de nota, o Ministério do Planejamento informou que “embora já tenham direito ao saque, essas pessoas com mais de 70 anos deverão aguardar o calendário que será disponibilizado pelos bancos”.

De acordo com a pasta, a medida será “necessária para organizar o atendimento e evitar que haja uma corrida repentina às agências bancárias”.

Estava para ser divulgado até o dia 15 deste mês (setembro), o cronograma de atendimento e disponibilização dos saldos das contas individuais, mas não foi isso que aconteceu.

Inclusive os aposentados também foram prejudicados, deveriam receber o PIS e o PASEB  e os pagamentos não foram realizados.

Os saques ocorrerão conforme critérios estabelecidos pela Caixa Econômica Federal (PIS) e pelo Banco do Brasil (Pasep).

O ministério estima que sejam injetados na economia cerca de R$ 15,9 bilhões até março de 2018.

Essa medida provisória de Temer é Prejudicial e até cruel.

Para o presidente do Instituto Fundo Devido ao Trabalhador, Mário Avelino, na prática, apesar do lado positivo de alcançar mais beneficiários, a medida provisória acabou prejudicando os trabalhadores com idade mais avançada

Eles podem, em alguns casos até morrer e não receber. Esse cara não pode ser presidente.

Mesmo porque, a medida está tirando um direito que já estava previsto em lei.

O fundo PIS/Pasep estará disponível para quem contribuiu para o Pasep ou o PIS até 4 de outubro de 1988 e não tenha efetuado o resgate total de seus saldos. Além de idosos, outros motivos para o saque são aposentadoria, morte, invalidez e doenças graves. O pagamento é feito pela Caixa Econômica Federal (para a iniciativa privada) e pelo Banco do Brasil (para servidores públicos).

Comentários

comentários

Veja também