Carlos Lima
Hoje dia 22/09/2018 às 01:07:03

Economia
Carlos Lima | Publicado em 26/12/2016 às 09:32:10

O FIASCO DO GOLPE: CONFIANÇA INDUSTRIAL DESABA

O FIASCO DO GOLPE: CONFIANÇA INDUSTRIAL DESABA TEMER PROPORCIONA OS PIORES MOMENTOS DA INDUSTRIA

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) do Brasil caiu em dezembro para o menor patamar desde junho passado, informou nesta segunda-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV), em mais um indicador de que a economia brasileira enfrenta dificuldades para se recuperar.

O ICI recuou 2,2 pontos, a 84,8 pontos em dezembro, após subir 0,4 ponto no mês anterior. A prévia do indicador deste mês já havia mostrado o cenário negativo, com queda de 2,9 pontos, para o menor nível desde junho.

“O resultado da sondagem industrial de dezembro, com queda da confiança e nível recorde de ociosidade, joga um balde de água fria sobre indicadores que já estavam mornos”, afirmou a coordenadora da Sondagem da Indústria da FGV/IBRE, Tabi Thuler Santos.

“Entre agosto e novembro, a acomodação da confiança –motivada pela apatia da demanda interna– já havia interrompido a recuperação temporária da confiança do setor observada no primeiro semestre”, acrescentou, por meio de nota.

Segundo a FGV, a queda da confiança ocorreu em 12 de 19 segmentos industriais e atingiu tanto as avaliações sobre a situação atual quanto as perspectivas das empresas para os meses seguintes.

O Índice de Expectativas (IE) caiu 1,8 ponto, a 87,1 pontos no período, enquanto que o Índice da Situação Atual (ISA) recuou 2,2 pontos, a 82,9 pontos.

A FGV informou ainda que o Nível de Utilização da Capacidade Instalada foi a 72,5 por cento em dezembro, nova mínima dentro da série histórica, iniciada em 2001.

Por Patrícia Duarte

Comentários

comentários

Veja também