Pautas econômicas caem no Congresso e Bolsonaro vê fracasso político

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

Jair Bolsonaro sofreu novas derrotas nesta terça-feira (3) ao encaminhar suas pautas econômicas ao Congresso Nacional e tenta evitar revés em novos projetos de interesse do Palácio do Planalto.

Uma MP (medida provisória), que tornava permanente a antecipação de parcela do 13º salário para aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), perdeu a validade, e a do Emprego Verde e Amarelo– pode ser devolvida. A informação é do jornal Folha de S.Paulo.

O clima de rebelião não para por ai, revela a reportagem. A votação da reforma da Previdência dos militares, que endurece as regras de aposentadoria das Forças Armadas, policiais militares e bombeiros , prevista para esta quarta (4), poderá ser adiada.

Interlocutores de Bolsonaro se reúnem com líderes da Câmara e do Senado, inclusive com Alcolumbre, para conter o clima de insatisfação. Congressistas reclamam que o governo não cumpre acordos.

247

OUTRAS NOTÍCIAS