Carlos Lima
Hoje dia 17/10/2018 às 16:23:54

Educação
Carlos Lima | Publicado em 06/06/2018 às 08:45:03

Universidade de Portugal oferece curso gratuito para brasileiros

Universidade de Portugal oferece curso gratuito para brasileiros Universidade Algarve, Portugal, cursos gratuitos

A Universidade do Algarve (UAIG) é uma das 29 instituições portuguesas que aceitam a nota do Enem em seu processo seletivo e, para atrair, mais brasileiros para graduação, está oferecendo cursos rápidos grátis.

O projeto é chamado de Summer Campus, e os cursos são entre de 1 a 7 e de 8 a 14 de julho.

O objetivo é que os alunos experimentem um pouco da rotina acadêmica da instituição que é uma das mais internacionais de Portugal, e recebe mais de 1,5 mil estrangeiros por ano.

Para os cursos gratuitos, são 40 vagas voltadas a estudantes do ensino médio, que tenham entre 16 e 18 anos.

São 37 opções de cursos em áreas distintas como: artes e design; ciências; esportes; economia, gestão e turismo; empreendedorismo; engenharias e tecnologias; saúde; línguas e humanidades.

As inscrições podem ser feitas até o dia 15 de junho pelo site da instituição.

 Os cursos têm atividades letivas durante a manhã e atividades desportivas e de lazer durante a tarde. Os alunos têm direito a alojamento e alimentação grátis. Assim, apenas a viagem de ida e volta não está inclusa na bolsa de estudo.

A Universidade de Algarve tem, atualmente, 600 brasileiros matriculados em seus cursos. Para o ano letivo 2017/2018, a alta no número de alunos do Brasil foi de 59% na graduação. No mesmo período o número de estudantes de cursos de mestrado mais que dobrou (cresceu 103%).

Para os cursos de graduação (licenciatura e mestrado integrado), os estudantes que tenham frequentado o sistema de ensino brasileiro deve ter um mínimo de 500 pontos na prova de redação e pelo menos 475 pontos em cada uma das provas restantes.

Os diplomas concedidos pela Universidade do Algarve são válidos e reconhecidos em todos os países da União Europeia, permitindo realizar uma pós-graduação em qualquer universidade da Europa.

Camila Pati

Comentários

comentários

Veja também