Carlos Lima
Hoje dia 21/08/2019 às 22:06:07

Esportes
Carlos Lima | Publicado em 20/07/2019 às 10:18:39

Ana Sátila fatura o ouro do C1 no Mundial Sub-23 de canoagem slalom

Ana Sátila fatura o ouro do C1 no Mundial Sub-23 de canoagem slalom Foto: Divulgação

O grito ao cruzar a chegada era de celebração. Favorita depois de liderar a semifinal, Ana Sátila foi a última a descer o canal da Cracóvia, na Polônia. Quando viu seu tempo de 101s06 neste sábado já sabia: acabava de se tornar campeã mundial sub-23 do C1 na canoagem slalom.

Maior nome da modalidade no Brasil, a mineira de 23 anos acrescenta uma conquista inédita para seu currículo. Campeã mundial júnior em 2004 no K1, agora ela tem também um título de melhor do mundo na categoria acima. Ano passado, Ana Sátila até já havia subido no topo do pódio do Mundial sub-23, mas no extreme K1, prova que não faz parte do programa olímpico. Em Mundiais adultos, a canoísta é a atual campeã do extreme K1, tem a prata desta prova em 2007 e o bronze do C1, sua principal prova.

Neste sábado, Ana Sátila superou a russa Alsu Minazova (104s45) e a eslovaca Monika Shachova (105s95) para levar o ouro do C1. Ela confirmou seu favoritismo na prova, já que na semifinal, horas mais cedo, já havia sido a mais rápida, descendo o canal em 104s77. Isso tudo apenas um dia depois da frustração de sofrer uma punição e parar na semi do K1.

Entre os homens, Guilherme Rodrigues e Murillo Sorgetz ficaram longe da vaga na final do K1. Neste sábado, Guilherme foi o 24º da semifinal. Murillo sofreu com a perda de dez pontos e ficou na 29ª colocação.

No domingo, Ana Sátila volta ao canal da Cracóvia para fechar sua participação no Mundial sub-23 na disputa do extreme K1. Ela vai ter a companhia da irmã Omira Estácia Neta.

O ouro na Polônia reforça o status de Ana Sátila como uma promessa de medalha do Brasil na Olimpíada de Tóquio 2020. Em setembro, ela tem a primeira chance de classificação olímpica no Mundial de La Seu d’Urgell, na Espanha. Mas antes, a canoísta defende o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Lima.

Globo esporte

Comentários

comentários

Veja também