Carlos Lima
Hoje dia 18/12/2017 às 01:14:14

Esportes
Carlos Lima | Publicado em 30/05/2017 às 13:09:39

Átila Abreu terá novo desafio neste final de semana: saltar com caminhões

Átila Abreu terá novo desafio neste final de semana: saltar com caminhões Piloto da Stock Car participará de etapa da Supertrucks Series, em Detroit, nos EUA. Após competir em eventos do Rallycross e X-Games, Átila saltará com caminhões que chegam a 230 km/h

Atila Abreu vai alçar novos voos no automobilismo, literalmente. Neste final de semana, o piloto da Shell Racing vai participar da categoria Supertrucks Series, em Detroit, nos EUA.

O campeonato consiste em uma disputa entre caminhões com motores Chevrolet de até 650 cv, suspensões de curso longo, além de rodas de 18 polegadas, características necessárias para que os veículos consigam saltar pelas rampas do circuito.

Os caminhões podem chegar a 230 km/h, e o brasileiro já teve a oportunidade de experimentá-los em um teste privado.

– O convite surgiu do fato de eu sempre ser um curioso, de sempre querer conhecer todas as categorias, de eu já ter competido no Rallycross, de eu já ter competido nos X-Games uma etapa a convite do Nelsinho Piquet.

Aí surgiu a oportunidade de fazer um teste, e de cara eu abracei. Acho muito bacana para um piloto conhecer vários tipos de carros, pistas e eventos. O teste no começo do ano foi muito bacana.

Aconteceu em Charlotte, onde fica a sede da equipe do Robby Gordon, que é o promotor do evento. Ele tem uma pista no fundo da oficina dele e foi muito legal para ter uma primeira experiência com o carro, aprender a pular – comentou.

Átila Abreu, piloto da Stock Car (Foto: Divulgação)

                            Átila Abreu, piloto da Stock Car (Foto: Divulgação)

O evento, que terá os primeiros treinos livres na sexta-feira, servirá de suporte para a etapa da Fórmula Indy em Detroit e o traçado será o mesmo da categoria, com o acréscimo das rampas próprias da categoria, capazes de projetar os caminhões a vários metros de altura e até 30m de distância. A Supertrucks Series tem dez etapas ao longo da temporada e, além dos Estados Unidos, visita países como Austrália, Canadá e China.

– Teve toda uma questão de aprendizado, de como pilotar o carro. Tem algumas coisas que você tem que se atentar. Dependendo de como você salta, pode cair de bico. Na primeira vez, dei algumas voltas mas evitei fazer o salto. Mas depois foi muito legal, na primeira vez você fica meio apreensivo. Você tem que ter velocidade para fazer o salto. Quando chega na hora você fala “agora vai, seja o que Deus quiser!”. Mas você vai se acostumando – afirmou.

gesportes

Comentários

comentários

Veja também