Carlos Lima
Hoje dia 22/11/2017 às 11:22:29

Esportes
Carlos Lima | Publicado em 13/05/2017 às 13:10:40

Atlético e Flamengo abrem o Brasileirão

Atlético e Flamengo abrem o Brasileirão Roger Machado aposta no potencial do Atlético para disputar o título do Campeonato Brasileiro

Atlético, campeão mineiro, e Flamengo, vencedor do Carioca, abrem neste sábado o Campeonato Brasileiro. O duelo, um clássico do futebol nacional, será às 16h no Maracanã. Os clubes iniciam a disputa da competição com grandes ambições. A taça está na mira do Galo e do Rubro-Negro.

Apesar de ser apenas a rodada inicial, o Atlético destaca a importância de levar a melhor sobre um dos candidatos ao título. Para voltar a levantar o troféu depois de 45 anos, o time vai precisar cumprir objetivos nas rodadas iniciais, como ressalta o técnico Roger Machado.

“O Brasileiro é difícil porque, como o Inglês, tem um número maior de candidatos ao título. Nos outros países, são sempre as mesmas forças e outras equipes buscam vagas em competições menores. No Brasileiro, seis ou sete se credenciam ao título. Pela história, Atlético e Flamengo sempre entram com força e corpo para disputar as primeiras colocações. Iniciar com um clássico é difícil e começar bem o campeonato é importante. Nos últimos anos, dificilmente alguém que ficou na frente na 10ª rodada deixou de ser campeão. É preciso acumular uma vantagem porque depois pode-se oscilar muito”, diz Roger.

Para o treinador, no entanto, o favoritismo não existe antes de a bola rolar. Roger Machado afirma que o Atlético, assim como outras equipes, têm que demonstrar partida a partida que merecem o rótulo de favoritas. No entanto, o comandante afirma que o Galo tem capacidade para conquistar o título do Campeonato Brasileiro.

“É a grande armadilha. O favoritismo tem de ser demonstrado jogo a jogo. Se entendermos que vamos passar o campeonato e vamos ganhar de forma tranquila, é uma armadilha grande. O desejo de vencer, nós temos. Grupo, nós temos, mas é trabalhar duro e existem outras equipes capacitadas. Mas pode ter certeza, sim, de que temos capacidade para vencer o Brasileiro”, afirma.

Para iniciar a disputa, o Atlético tem desfalques. O lateral-direito Marcos Rocha e o zagueiro Leonardo Silva foram vetados pelo departamento médico. O atacante Luan segue em tratamento de lesão. O zagueiro Erazo, expulso na decisão da Copa do Brasil do ano passado, contra o Grêmio, precisa cumprir suspensão. Roger Machado deve manter o esquema tático da final do Campeonato Mineiro, com três volantes na equipe.

Marcos Rocha e Leonardo Silva serão substituídos por Felipe Santana e Carlos César. Roger não acredita que ainda exista desconfiança da torcida atleticana em relação ao zagueiro Felipe Santana, que teve começo difícil no Galo, mas que vem tendo bom rendimento em suas últimas partidas.

“A desconfiança inicial que havia já diminuiu bastante. Ele vem correspondendo e, gradativamente, vem mostrando um nível de jogo bastante próximo do que mostrou fora do país e o credenciou a vir para o Atlético. Falei da confiança depositada nele. Ele entende que ainda está evoluindo, mas que existe margem para crescimento. Passei minhas observações sobre o que ele precisa evoluir com a sequência do trabalho”, diz o treinador.

Flamengo

Para o meia Everton, o Flamengo vai estrear na competição com o status de favorito ao título. “Concordo que o Flamengo é um dos favoritos ao título”, diz o meia. “O elenco é muito qualificado, tem jogadores experientes, sabemos como é a pressão de jogar no Flamengo.”

O jogador, contudo, acredita que o Rubro-Negro não é o único forte candidato a levar a taça. “Sobre as outras equipes favoritas, vejo o Atlético como uma delas, Corinthians, Palmeiras. No Brasileiro é muito difícil”, ressalta.

Superesportes

Comentários

comentários

Veja também