Carlos Lima
Hoje dia 23/08/2017 às 02:35:55

Esportes
Carlos Lima | Publicado em 31/05/2017 às 11:47:56

Galo busca encerrar sequência negativa para seguir na luta pelo título da Copa do Brasil

Galo busca encerrar sequência negativa para seguir na luta pelo título da Copa do Brasil Fred e Robinho são esperanças de gol para que o Atlético avance às quartas da Copa do Brasil

O Atlético tem uma importante missão na noite desta quarta-feira, às 21h45, no Independência. A equipe vem de três jogos sem vitória e só o resultado positivo diante do Paraná serve para o Galo avançar às quartas de final da Copa do Brasil. Um triunfo simples basta para que o Alvinegro se classifique, já que os paranistas venceram o primeiro confronto, na última semana, por 3 a 2.

Para avançar o Galo precisa da vitória por 1 a 0, 2 a 1, ou por margem de dois ou mais gols de diferença. Triunfo alvinegro por 3 a 2 leva a disputa para os pênaltis. Qualquer outro resultado classifica o Paraná.

Nas últimas três partidas, duas derrotas, para Fluminense e Paraná, ambas por 3 a 2, e empate por 2 a 2 com a Ponte Preta. Não apenas o jejum de vitórias incomoda, mas também o número de gols sofridos. Foram sete, sendo que nos três jogos, o time levou dois gols em curtos períodos. Nos jogos pelo Campeonato Brasileiro, em dois minutos o time foi vazado duas vezes.

Para o jogo contra o Paraná, o técnico Roger Machado tem problemas para escalar a equipe. Os volantes Adilson e Rafael Carioca estão fora do jogo. O primeiro sofreu lesão muscular na coxa direita. O segundo foi vetado por fadiga muscular. Com isso, o treinador atleticano fatalmente terá que mudar o esquema tático da equipe.

Na vaga de um dos volantes deve entrar o jovem Yago. A outra deve ser preenchida por Otero. Com isso, Elias deverá ser recuado para atuar como segundo volante.

O meia Cazares, titular nos últimos jogos, pede para que a equipe não relaxe em campo como aconteceu nos últimos jogos e acredita que o Atlético seguirá na briga pelo título da Copa do Brasil. “A gente tem que estar sempre ligado, porque quando relaxa, o outro time faz gols rápidos e é uma coisa que não deveria acontecer. Temos que estar mentalmente forte para estar bem. É evidente que, agora, a gente está preocupado mesmo. Perdemos o primeiro jogo. Temos que sair ganhando e deixar o Paraná fora, porque o Atlético é maior e a gente tem que brigar pelo título”, concluiu.

Túlio Kaizer

 

Comentários

comentários

Veja também