Carlos Lima
Hoje dia 21/07/2019 às 16:52:12

Esportes
Carlos Lima | Publicado em 29/06/2019 às 11:35:18

Grêmio decide não buscar reforços e só vai contratar em caso de saídas.

Grêmio decide não buscar reforços e só vai contratar em caso de saídas. Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O Grêmio fechou a primeira semana de treinos de olho no segundo semestre com uma importante decisão. Depois de ter duas vertentes sobre a atuação no mercado, o clube fechou a posição de não buscar reforços para o restante da temporada. Caras novas só serão contratadas em caso de baixas. A lista de saídas tem apenas Everton por enquanto.

A reportagem havia mostrado, logo após a parada do Brasileiro, que o Grêmio olhava o mercado atrás de volante e meia-atacante. Depois, ocorreu divisão de opinião. A ideia, a partir de agora, é explorar jogadores da base que apresentam boa temporada.

“Eu mesmo falei que poderíamos contratar dois ou três jogadores. Mas nos reunimos aqui e decidimos que não faríamos esses investimentos, até pela questão financeira”, disse Alberto Guerra, diretor de futebol do Grêmio, à rádio Grenal.

A reunião citada teve presença de Renato Gaúcho, que capitaneou a corrente defensora de contratações. Foi o treinador o entusiasta da nova investida por Thiago Neves, do Cruzeiro. O Grêmio, contudo, não está imune a desfalques. Everton, destaque da seleção brasileira na Copa América, tem futuro incerto. Mesmo sem ofertas oficiais até agora, o clube gaúcho admite que a chance de seguir com o meia-atacante é pequena. E fica menor a cada jogo.

Em caso de saída do atleta, o Grêmio pretende buscar um reforço. Para tanto, o clube precisa contar com ajuda do calendário – a janela de transferências de entrada de jogadores do exterior no Brasil termina antes do fechamento do período de saídas.

O Grêmio volta a campo em 10 de julho, contra o Bahia, pela Copa do Brasil. Antes disso, o grupo comandado por Renato Gaúcho disputará dois amistosos: diante de Criciúma e São José-POA, ambos os testes em Porto Alegre.

FolhaPress SNG

Comentários

comentários

Veja também