Carlos Lima
Hoje dia 18/11/2017 às 17:41:17

Esportes
Carlos Lima | Publicado em 20/10/2017 às 17:08:25

Hamilton lidera o primeiro treino livre nos EUA

Hamilton lidera o primeiro treino livre nos EUA Com 1m36s335, inglês da Mercedes foi o mais rápido na primeira sessão de treinos livres em Austin, no Texas. Na briga pelo título, alemão da Ferrari é o segundo. Massa vai bem e fecha em sexto

A Fórmula 1 chegou ao estado americano do Texas para a 17ª etapa do campeonato com a possibilidade de Lewis Hamilton conquistar o tetracampeonato mundial. Para isso, o inglês terá que vencer a prova e contar com que Sebastian Vettel receba a quadriculada no máximo em sexto. Nesta sexta-feira, a caminhada do piloto inglês para faturar a taça começou bem: ele liderou o primeiro treino livre em Austin, anotando 1m36s335.

Vettel veio logo na sequência com a Ferrari, mais de meio segundo atrás do rival. Valtteri Bottas fechou os três primeiros, com Max Verstappen – de contrato renovado com a RBR – em quarto. Se o holandês do carro #33 já está com o futuro assegurado, Felipe Massa ainda não sabe o que fará em 2018. Em meio a uma disputa com Robert Kubica, Paul Di Resta e Pascal Wehrlein pelo cockpit da Williams, o brasileiro fez um ótimo sexto tempo, com a marca de 1m37s570.

Outro piloto que surpreendeu na sessão foi Carlos Sainz Jr. Estreando pela Renault, o espanhol superou o novo companheiro de equipe Nico Hulkenberg, anotando o 10º tempo com 1m38s093, contra 1ms38s904 do alemão, o 13º. Grande novidade do dia, Brendon Hartley teve sua primeira chance na STR e não decepcionou: foi o 14º com 1m39s267, mais rápido que Sean Gelael, indonésio, piloto reserva da escuderia italiana, que foi o 17º.

Dependendo de uma específica combinação de resultados, o piloto da Mercedes pode deixar os EUA campeão da F1 em 2017. São elas:

1) Em caso de vitória do piloto da Mercedes, Vettel não pode chegar em uma posição melhor que um sexto lugar.

2) Se Hamilton chegar em segundo, Vettel não pode chegar em uma posição melhor que o nono lugar. Nesse cenário, o título só vai par o britânico caso o vencedor não seja Bottas.

Globoesportes

Comentários

comentários

Veja também