Carlos Lima
Hoje dia 21/05/2018 às 01:02:04

Estadual
Carlos Lima | Publicado em 10/05/2018 às 11:50:48

A segunda edição baiana da Campus Party

A segunda edição baiana da Campus Party Carol Garcia

Entre os próximos dias 17 e ‪20, na capital baiana, empreendedores, cientistas e apaixonados por jogos e inovações poderão trocar experiências tecnológicas nos campos da educação, economia, trabalho e cultura digital. A segunda edição baiana da Campus Party, maior evento de tecnologia do mundo, foi lançada oficialmente pelo governador Rui Costa nesta terça-feira (8), no Salão de Atos da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

A expectativa é que cerca de 90 mil pessoas participem de atividades na área aberta do evento e 5 mil barracas abriguem “campuseiros” de todas as regiões do Brasil. 
A Arena Fonte Nova será o palco do grande festival de tecnologia, que acontece no Brasil desde 2008. “A Campus Party é mais do que o encontro de pessoas da área de tecnologia. É um encontro de pessoas em busca de caminhos alternativos para se inserir neste mundo produtivo a partir da criação. Que a Campus Party abra a cabeça dos nossos jovens e permita que eles se apaixonem por esse mundo. Que consigamos criar uma geração empreendedora e inovadora, mantendo nossos talentos aqui na Bahia”, afirmou Rui.

No lançamento, o presidente da Campus Party, Francesco Farruggia, apresentou a programação, que inclui palestras, presença de startups, atividades com drones e simuladores, hackathons (maratona de hackers), além de espaço para crianças. 
”A primeira edição foi um grande sucesso e com muita felicidade estamos trazendo essa segunda edição, com palestrantes reconhecidos mundialmente e diversas atividades para os participantes. A Campus Party possibilita o encontro de mentes e a formação de ideias. É um momento de colocar em contato pessoas que podem criar ideias que vão transformar a sociedade”, destacou Farruggia.

Atrações

Com parceria do Governo do Estado, o evento terá 300 horas de atrações. Como na primeira edição, realizada em 2017, a Campus Party vai disponibilizar uma área com acesso gratuito, a Open Campus. O acesso ao espaço ocorrerá das 10h ‪às 20h‬, entre os dias 17 a ‪19‬, e das 10h ‪às 15h‬, no dia ‪20. Palestras, atividades com drones e simuladores estão entre as atrações oferecidas. Um espaço para as crianças, o Campus Kids, também foi criado.

A Open Campus ainda vai abrigar startups – empresas em fase inicial que desenvolvem produtos ou serviços inovadores, com potencial de rápido de crescimento. A categoria ‘Early Stage’ será destinada a projetos pouco avançados, com equipes bem definidas, primeiros protótipos criados e ainda testados que não receberam investimento. Na ‘Growth Stage’ estarão startups avançadas, com produtos lançados no mercado, com ou sem investimento, que já possuam faturamento, além de um grupo de makers, que são capazes de criar, construir, modificar ou fabricar objetos e projetos.

O espaço ‘Educação do Futuro’ receberá educadores, artistas, pesquisadores, empreendedores e alunos interessados na implementação de ambientes educacionais mais mão-na-massa. O espaço é uma parceria do Lifelong Kindergarten Group e do MIT Media Lab. A área ‘Fazedores’ tem o intuito de promover a cultura maker no Brasil. Tradicional no evento, o espaço incluirá oficinas makers com equipamentos eletrônicos, interação com ferramentas e plataformas de prototipação, workshops sobre cultura maker e área para livre prototipação.

Comentários

comentários

Veja também