Carlos Lima
Hoje dia 13/12/2017 às 16:42:40

Estadual
Carlos Lima | Publicado em 27/11/2017 às 09:47:20

EX-ASSESSOR DE GEDDEL QUER SALÁRIO DE VOLTA

EX-ASSESSOR DE GEDDEL QUER SALÁRIO DE VOLTA Geddel Vieira Lima. Foto: Dida Sampaio/Estadão.

O ex-assessor parlamentar Job Ribeirão Brandão entrará com uma ação contra a família do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) para receber o montante do seu salário que devolveu a ele e a seu irmão, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), nos últimos 28 anos de trabalho.

A defesa de Job usará como base a remuneração de R$ 14.300 brutos, relativa ao cargo de assessor parlamentar na Câmara dos Deputados, que Job ocupava no gabinete de Lúcio. Ele foi exonerado em setembro, após ter sido preso na mesma operação que levou Geddel de volta à cadeia. O ex-assessor foi detido depois que a Polícia Federal encontrou suas digitais em notas dos R$ 51 milhões que estavam no “bunker” de Geddel, apartamento em Salvador em que o peemedebista escondia o dinheiro. Hoje, Job cumpre prisão domiciliar.

Em depoimento à Polícia Federal (PF) e à Procuradoria Geral da República (PGR), Job relatou que tinha um acordo com os Vieira Lima para devolver 80% do seu salário. Os advogados do ex-assessor juntaram na ação documentos mostrando que, na prática, ele recebia em torno de R$ 3.000 por mês, já que o rendimento líquido, após os descontos obrigatórios, era de R$ 10.800, e ele ainda tinha que devolver parte do salário à família Viera Lima.

Leonardo Attuch

Comentários

comentários

Veja também