Carlos Lima
Hoje dia 15/12/2017 às 00:53:25

Estadual
Carlos Lima | Publicado em 02/12/2017 às 11:27:36

Governador Rui Costa, anunciou a reforma do Hospital Frei Justo Venture

Governador Rui Costa, anunciou a reforma do Hospital Frei Justo Venture GOVERNO ANUNCIA REFORMA DO HOSPITAL FREI JUSTO VENTURE

O governador da Bahia, Rui Costa, anunciou nesta sexta-feira (1) a reforma do Hospital Frei Justo Venture, que beneficiará a população dos 11 municípios da região de Seabra, na Chapada Diamantina, terá assistência obstétrica por meio do Hospital Frei Justo Venture, que passará por um processo de requalificação e reforma para se adequar ao novo perfil da instituição. O Frei Justo, que funcionava no município de Seabra como hospital regional de referência para urgência e emergência e atualmente se encontra fechado, atuará como referência para parto normal atendendo aos municípios que não realizam este serviço e para partos cirúrgicos de toda a região. Terá perfil de atendimento às mulheres de risco habitual.

“O povo da Chapada está duplamente feliz. Feliz, pela beleza natural dessa região, e feliz porque, agora, tem assistência à saúde para todas as cidades. Vamos implantar, no antigo Hospital Frei Justo, uma unidade materno-infantil, também de referência para toda a região. Com isso, nós vamos levando ao interior do estado a saúde, a média e alta complexidade que não existia no interior. Agora, estamos garantindo que toda a Chapada passa a ter segurança para seus filhos e seus familiares”.

Com 30 leitos, o hospital contará ainda com centro de parto normal intra-hospitalar, destinado a realizar atendimento humanizado e de qualidade, exclusivamente ao parto de baixo risco; puerpério fisiológico e cuidados ao recém-nascido sadio. Serão três quartos PPP (pré-parto, parto e puerpério). Nos casos em que as mulheres e bebês necessitarem de atenção mais especializada serão encaminhados para a referência de Gestação de Alto Risco, em Feira de Santana.

O atendimento da unidade, que fará parte da Rede Cegonha, funcionará 24 por dia, sete dias por semana, com acesso por demanda espontânea e referenciada, integrado aos demais pontos de atenção mediante processos regulatórios. Os onze municípios que serão atendidos na área obstétrica pela unidade são: Abaíra, Boninal, Ibitiara, Iraquara, Lençóis, Mucugê, Novo Horizonte, Palmeiras, Piatã, Seabra e Souto Soares.

Até 2015, a unidade funcionava como um hospital geral, com gestão dupla, de natureza privada e sem fins lucrativos. Em 2016, foi interditado pela Vigilância Sanitária estadual em razão de sua estrutura física já desgastada, incapaz de atender às normas vigentes. A alteração do perfil assistencial para a implantação da Maternidade do Hospital Frei Justo Venture atendeu à diretriz da saúde do estado em ofertar ações no âmbito da atenção obstétrica preferencialmente em unidades exclusivas para tal fim. Desse modo, será necessária a desapropriação do imóvel pelo poder público para que sejam iniciadas as obras de requalificação do equipamento.

Ainda durante a visita ao Hospital da Chapada, Rui afirmou sentir orgulho de hoje está fazendo “o maior investimento do País em saúde pública, entre todos os estados brasileiros. Nós estamos construindo vários hospitais. Na segunda-feira [4], iniciaremos hospital da Região Metropolitana de Salvador, que vai ser em Lauro de Freiras. Estamos entregando até o final de ano quatro policlínicas e, no primeiro semestre do ano que vem, entrego sete. Então, é o maior investimento feito em saúde pública, hoje, no País”.

Hospital da Chapada

Na tarde desta sexta (1º), Rui inaugura oficialmente o Hospital da Chapada, em Seabra, a primeira unidade de alta complexidade da região da Chapada Diamantina, com 101 leitos, sendo 10 de UTI. A unidade teve um investimento de R$58 milhões e será referência para 11 municípios, com atendimento de urgência e emergência 24 horas, centro de bioimagem e cirúrgico, além de ambulatório.

O Hospital da Chapada terá perfil assistencial de hospital geral, capaz de oferecer ao usuário do SUS atendimento médico em urgência e emergência clínica, cirúrgica, pediátrica, traumato-ortopédica e psiquiátrica; internação hospitalar nas especialidades de clinica médica, cirúrgica e pediátrica, além de internação em unidade de terapia intensiva; atendimento ambulatorial mediante oferta de consultas especializadas e cirurgias ambulatoriais; procedimentos de diagnose e terapias (diagnostico em patologia clinica, anatomo-patologia, imagem, métodos gráficos e métodos ópticos e hemoterapia), e demais serviços de apoio assistencial e administrativo.

A equipe será formada por 349 profissionais, entre eles, 80 médicos, 34 enfermeiros e 98 técnicos de enfermagem. Com o novo equipamento, a população da região da Chapada que precisa, por exemplo, de internamento em UTI não mais terá a necessidade de se deslocar para Irecê, Feira de Santana ou até mesmo Salvador. Os primeiros procedimentos já estão sendo agendadas na etapa de Seabra do Mutirão de Cirurgias.

Leonardo Attuch

Comentários

comentários

Veja também