Carlos Lima
Hoje dia 19/09/2019 às 08:54:07

Estadual
Carlos Lima | Publicado em 23/11/2015 às 07:41:21

GOVERNO LANÇA PROJETO PARA ATENDER 18 MIL JOVENS

GOVERNO LANÇA PROJETO PARA ATENDER 18 MIL JOVENS Governador Rui Costa

Em encontro com 600 líderes estudantis em Salvador, nesta segunda-feira (23), o governador Rui Costa vai assinar os projetos de lei que criam os programas “Primeiro Estágio”, “Primeiro Emprego” e uma “Bolsa Permanência”.

As medidas ampliam as ações do programa Educar para Transformar e visam facilitar o acesso de alunos e egressos de escolas públicas ao mercado de trabalho, além de promover a manutenção de estudantes de baixa renda nas universidades estaduais.

O objetivo do Governo do Estado é inserir 18 mil alunos de cursos profissionalizantes no mercado de trabalho nos próximos dois anos, bem como disponibilizar auxílio financeiro para garantir que estudantes de universidades estaduais consigam concluir o curso graduação.

Ainda na segunda, após a assinatura, os projetos serão encaminhados à Assembleia Legislativa (Alba) para apreciação.

A seleção dos jovens para as vagas do programa “Primeiro Estágio” e “Primeiro Emprego” será realizada de acordo com o critério de rendimento escolar a partir de um banco de dados disponibilizado pelo Serviço de Intermediação para o Trabalho (Sinebahia).

Os estudantes poderão atuar em empresas públicas e privadas por meio de contrato de estágio, aprendizagem ou primeiro emprego.

Já a “Bolsa Permanência” será destinada, exclusivamente, para os matriculados nos cursos de graduação presencial das universidades estaduais e pretende minimizar as desigualdades sociais e contribuir para a diplomação dos estudantes de baixa renda, que poderão usar os recursos para custos com transporte, alimentação e moradia.

De acordo com o governador, “quem vai cuidar da informática, da biblioteca da escola, das demandas administrativas é o aluno egresso da rede estadual. Quem vai trabalhar como técnico de enfermagem nos nossos hospitais são os alunos e alunas das nossas universidades”.

Para Rui, os jovens são a base para a transformação da sociedade: “Com esses novos programas vamos garantir ainda mais oportunidades para que essa juventude construa, junto com seus familiares e com a comunidade que o cerca, uma Bahia mais justa e igual”.

Para viabilizar a execução desses programas serão utilizados recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep).

Neste sentido, o Governo encaminhou à Alba proposta que garante a ampliação desse fundo através do realinhamento de 2% das alíquotas de ICMS que incidem em cigarros, cigarrilhas, charutos, fumos industrializados, perfumaria, cosméticos, energéticos, isotônicos e refrigerantes.

Assessoria

Comentários

comentários

Veja também