Carlos Lima
Hoje dia 06/04/2020 às 15:34:03

Estadual
Carlos Lima | Publicado em 04/02/2020 às 11:39:09

ÍNDIO PANKARA 17 ANOS 1° LUGAR EM MEDICINA NA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

ÍNDIO PANKARA 17 ANOS 1° LUGAR EM MEDICINA NA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Índio Pankará 1° Lugar para medicina na Universidade de Brasília

João Emanuel Lopes Pereira Basto, 17 anos, 1° Lugar para medicina na Universidade de Brasília, irá ingressar 1° bimestre de 2020, índio do Povo Pankará da Serra do Arapuá- Carnaubeira da Penha PE.

Seus pais estão entre as maiores lideranças indígenas do Nordeste, Cacique Ary Pankará e Luciete Pankará.

Mais uma conquista e fruto da luta dos povos indígenas de Pernambuco, uma vitória da nação Pankará, povos geográficamente com uma certa distância, cada um com sua cultura própria, porém unidos nas mesma luta, a preservação e manutenção do seus territórios, das suas culturas e costumes.

O guerreiro Pankará afirma que não será fácil sair do aconchego da sua família é se afastar um pouco da sua cultura.

No entanto com as forças dos encantos de Luz, irá vencer, até porque ele estará representando seu povo.

Ao se formar voltará para suas terras e cuidará do seu povo.

Outros estudantes da tribo Pankará também foram aprovado.

EmeLy Aparecida Maria de Souza, 21 anos, foi aprovada na Universidade de Brasília (UNB), no curso de Fonoaudiologia, para o bimestre 2020, mora na Aldeia Brejo dos Padres, município de Tacaratu-PE.

Povo Indígena Pankararu, filha de Andreia Maria da Silva e José Antonio de Souza. É mais uma guereirra saindo do seu território sagrado em busca do seu sonho, a vitória de uma índia e uma gratidão para uma nação.

A jovem que vivencia e prática sua cultura, seu ritual e sua tradição, sabe qual grande importância de todas essas manifestações para essa conquista. Agradeço a Deus e a força encantada por de ter me dado força até aqui, pra nunca ter desistido dos meus objetivos. Sei que a caminhada não será fácil afirmou Emely, mas chegarei lá

Andreza Raiza Barros da Silva

Andreza Raiza Barros da Silva 18 anos, reside na Aldeia Brejo dos Padres, Tacaratu-PE.

Povo Pankararu, filha de Antonio Cláudio da Silva e Andreia Maria de Barros Silva, passou no vestibular na Universidade Federal da Bahia (UFBA), para cursar língua estrangeira, no primeiro bimestre de 2020.

Mais um sonho alcançado por uma indígena, sementes que foram plantadas por todas as lideranças da nação Pankararu e os frutos estão sendo colhidos por todo um povo.

TV Camarote

Comentários

comentários

Veja também