Carlos Lima
Hoje dia 24/10/2018 às 02:31:23

Estadual
Carlos Lima | Publicado em 26/12/2017 às 14:36:37

PMDB TIRA LÚCIO DE PROPAGANDA ELEITORAL PARA NÃO PREJUDICAR ACM NETO

PMDB TIRA LÚCIO DE PROPAGANDA ELEITORAL PARA NÃO PREJUDICAR ACM NETO ACM Neto (DEM) e Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA)

O deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) foi retirado da propaganda eleitoral do PMDB baiano por conta de uma estratégia: dar ao prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) o discurso para uma provável aliança com a sigla na eleição para o governo em 2018. Além disso, mostrar ao eleitor que o partido não se resume a Lúcio e ao seu famoso irmão, o ex-ministro do governo Michel Temer, Geddel Vieira Lima.

Os dois causam forte embaraço aos conselheiros políticos e estrategistas do DEM. No programa partidário do PDB, que foi ao ar na semana passada, foi mostrado que o PDB passa pro um processo de transformação e que o partido tem outras lideranças importantes.

A escolha desse novo discurso foi decidida por conta da possível avaliação feita pelo prefeito de Salvado se vale a pena ou não uma coligação com o PDB, uma vez que é possível ocorrer um eventual impacto eleitoral por causa dos problemas que envolvem a família Vieira Lima.

De acordo com reportagem publicada no Política Livre , a ausência de Lúcio vieira Lima foi autorizada pelo próprio parlamentar. Ele é investigado suspeito de que e teria ajudado o irmão a encobrir os R$ 51 milhões encontrados num bunker no bairro da Graça, descoberta da Polícia Federal, o que justificou a segunda detenção do ex-ministro Geddel Vieira Lima, que já cumpria pena de prisão domiciliar em Salvador depois de ter sido encarcerado a primeira vez.

Leonardo Attuch

Comentários

comentários

Veja também