Carlos Lima
Hoje dia 18/11/2017 às 17:29:56

Estadual
Carlos Lima | Publicado em 07/11/2017 às 12:06:54

PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO LUIS EDUARDO MAGALHÃES CRITICA TEMER EM VISITA A AURELINO LEAL

PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO LUIS EDUARDO MAGALHÃES CRITICA TEMER EM VISITA A AURELINO LEAL QUITÉRIA CRITICA TEMER POR TRAVAR VERBAS PARA A BAHIA

Em discurso na Câmara Municipal de Aurelino Leal, no sul da Bahia, a presidente da Fundação Luís Eduardo Magalhães, Maria Quitéria, criticou o governo de Michel Temer por estar “retaliando politicamente o governo estadual” com o bloqueio de verbas destinadas a obras na Bahia.

Ela citou os R$ 600 milhões que estão bloqueados no Bando do Brasil “por pressões de políticos da oposição baiana”, o que segundo Quitéria “é à volta da forma mesquinha de se fazer politica no estado onde os interesses pessoais de grupos são mais importantes que os legítimos interessem do povo”.

Ao lado do vice-governador João Leão (PP), a presidente da Fundação Luís Eduardo Magalhães, Maria Quitéria, visitou no sábado (4) o município de Aurelino Leal para vistoriar o projeto da construção das obras do estádio de futebol e do local onde será edificado o cais do município que está situado à margem direita do Rio de Contas.

Segundo Quitéria, “o cais é uma obra muito esperada e importante para essa gente batalhadora”. “Sonhei junto com todos aurelinenses, um sonho que lutei para se tornar realidade, quando presidente da UPB e fiz questão de colaborar na elaboração do projeto. Lutei pelo cais, porque acredito no desenvolvimento dos municípios através do fortalecimento das suas potencialidades, não importa o tamanho do município, importante é a capacidade de desenvolvimento para melhorar a vida das pessoas”, disse Quitéria.

Leonardo Attuch

Comentários

comentários

Veja também