Carlos Lima
Hoje dia 19/08/2017 às 11:02:13

Estadual
Carlos Lima | Publicado em 25/07/2017 às 20:58:41

WAGNER COMEMORA FÁBRICA DE CALÇADOS QUE VAI GERAR 600 EMPREGOS EM MARACANI

WAGNER COMEMORA FÁBRICA DE CALÇADOS QUE VAI GERAR 600 EMPREGOS EM MARACANI Secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner

O galpão onde será instalada a nova fábrica de calçados femininos da marca Renata Mello foi entregue nesta terça-feira (25), em Macarani, ao grupo Suzana Santos. A nova unidade tem previsão de investir R$ 2,5 milhões e gerar inicialmente 300 novos empregos, chegando a 600 quando estiver em plena operação, com produção de 1,68 milhão de pares de calçados ao ano.

“Uma entrega dessa é um momento sublime porque não há nada mais angustiante para um pai, uma mãe ou um jovem do que acordar de manhã e não ter um trabalho, isso desorganiza a família”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia (SDE), Jaques Wagner.

As obras de requalificação do galpão vão começar em agosto e a previsão é que em janeiro já esteja produzindo. Feliz da vida estava a Rose Silva, 19, atualmente desempregada. “A gente sabe que a crise está brava e quando chega uma empresa dessas nossas esperanças voltam a crescer. Espero estar trabalhando neste galpão em breve”, disse ela.

“Temos dois anos e dois meses no sudoeste baiano e o futuro que nos interessa é criar emprego e renda no estado. Viemos para fazer bonito aqui em Macarani”, afirma Almir Santos, sócio diretor do grupo Suzana Santos. A empresa catarinense com 22 anos de mercado atua na fabricação de calçados femininos desde 1995 e produz três marcas Suzana Santos, Renata Mello e Azillê. Sua chegada na Bahia foi em 2015, onde já possui filiais em Itapetinga, Itarantim, Potiguará, Maiquinique e Iguaí, gerando cerca de 1.600 empregos diretos.

O grupo trouxe também para o estado dois fornecedores, a Passo a Passo e a Trainotti. A Passo a Passo, fornecedora de salto e sola, está instalada em Maiquinique e emprega 60 pessoas. A produção é de injeção de solado, produção de palmilha e pintura de salto. Já a Trainotti fica em Itarantim e gera 84 empregos. A fornecedora de planilhas e solados está em fase de ampliação e prevê gerar mais 100 empregos.

Leonardo Attuch

Comentários

comentários

Veja também