Carlos Lima
Hoje dia 20/09/2019 às 03:23:03

Feira
Carlos Lima | Publicado em 22/11/2015 às 11:33:02

A FOTO MAIS CARA QUE O POVO FEIRENSE JÁ PAGOU

A FOTO MAIS CARA QUE O POVO FEIRENSE JÁ PAGOU A foto mais cara que o feirense já pagou

Meu caro Carlos Lima. Concordei totalmente com os seus comentários sobre essa viagem absurda feita pelos vereadores.

Mais absurdo foi envolver a imprensa feirense nessa empreitada, levando vários profissionais para registrar a farra com o dinheiro do povo. E eles aceitaram.

No Legislativo não existe a ASCOM, órgão de comunicação que registra e divulga as ações legislativas de toda a Casa? Bastava eles!

A desculpa criada pelos edis é de uma hipocrisia que fere de morte o bom senso.

Lendo a matéria que fizeram sobre a viagem encontrei a seguinte pérola” Com o objetivo de cumprir com a função de fiscalizadores, o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador Reinaldo Miranda, Ronny (PSDB); o líder do Governo na Casa, vereador José Carneiro Rocha (PSL); o presidente da Comissão de Transporte da Câmara, vereador Alberto Nery (PT);  e o representante da minoria, vereador Edvaldo Lima (PP);  visitaram, na quinta-feira (19),  a Caio Induscar, fabricante de ônibus e responsável pela fabricação da nova frota de veículos que assistirá o transporte coletivo urbano de Feira de Santana.

Que fiscalização é essa? Um engodo, uma mentira para justificar a farra com o dinheiro do povo e se autopromover.

A compra dos ônibus não foi com o dinheiro da Prefeitura. A licitação foi realizada dentro de um período tumultuado. Teve um contrato emergencial, chegaram ônibus já bastante rodados para enfrentar a saída das empresas que realizavam o transporte coletivo.

Pergunta-se: Os vereadores fiscalizaram o processo de licitação? Fiscalizaram as empresas vencedoras desse processo? Os vereadores sabem quais são as obrigações contratuais das empresas e da Prefeitura? Os vereadores fiscalizaram as garagens e os ônibus que fazem esse transporte de massa emergencialmente? Os vereadores não possuem autoridade para mudar um parafuso, fiscalizar o quê?

O que a Comissão de Transportes da Câmara Municipal tem feito ou fez nesse período de crise no sistema em Feira de Santana?

Que tipo de relacionamento o legislativo está querendo manter com as empresas, algo de muito estranho existe.

As ações são de responsabilidade do executivo, do prefeito de Feira de Santana, que a convite das empresas esteve em Botucatu – SP, para ver a montagem dos ônibus conforme o que está lavrado no contrato realizado. E foi feito.

Dizer que receberam a garantia de que toda a frota que chegará em Feira é nova. Isso está no contrato e cabe ao Executivo cobrar, não chegando o legislativo deve denunciar e cobrar do prefeito o cumprimento do que consta no processo de licitação.

Outro absurdo, chamar para si as informações técnicas das condições de desempenho dos ônibus, como se o prefeito não tivesse essa informação e não tivesse fiscalizado quando foi à montadora Caio, com essa finalidade.

A viagem teve duas finalidades, a primeira gastar o dinheiro do povo irresponsavelmente e a segunda promover o presidente do Legislativo feirense. Os outros foram ‘bodes de piranha’.

Poderíamos fazer outros comparativos e dissecar mais profundamente o comportamento desse período legislativo em Feira de Santana. Talvez você não tivesse condições de publicar. Mesmo assim estou com receio que não poste no cljornal.

Ah! Ia esquecendo na matéria justificando a  viagem o presidente convidou os proprietários das empresas e até o diretor da Caio, pata fazer uma audiência pública na câmara sobre o novo sistema de transporte coletivo regular em Feira de Santana.

Convite que poderia ter sido feito no município sem precisar fazer gastar o dinheiro do povo.

cljornal/Assino a matéria apenas como FranciscoM. Espero que publique.

Observação da redação: Publicada sem nenhuma correção ou alteração no texto

Comentários

comentários

Veja também