Carlos Lima
Hoje dia 06/04/2020 às 15:01:16

Feira
Carlos Lima | Publicado em 16/03/2020 às 09:12:21

A não permanência de Targino no DEM compromete reeleição de Colbert/por Carlos Lima

A não permanência de Targino no DEM compromete reeleição de Colbert/por Carlos Lima Ronaldo, Targino e Colbeert

A fidelidade política de José Ronaldo (DEM), é cobrada pelo deputado estadual, Targino Machado, do mesmo partido, na sucessão municipal de Feira de Santana.

Na última quinta-feira (12), sem grande divulgação o deputado protocolou na executiva estadual o seu pedido de desfiliação do partido.

A decisão provocou encontro que varou à noite com o presidente nacional do DEM, ACM Neto. Na saída ele informou que desistiu da desfiliação.

Os motivos da desistência não foram revelados.

Mas sabemos que a conversa entre eles foi bastante longa. As únicas pistas que se coloca para elucidar essa conversa, veio através do comentário feito pelo deputado. “Discutimos várias alternativas para uma saída. E ele vai construir uma”.

Qual?

Os campos das especulações estão abertos. Não vou arriscar, prefiro aguardar o desenrolar desse embate político.

Targino continua declarando ser candidato a prefeito pelo DEM e legitimamente cobra fidelidade do ex-prefeito, que se movimenta, na direção do apoio ao prefeito Colbert Martins, que é do MDB, inclusive já realizou várias reuniões com vereadores da base, visando consolidar a posição e o DEM indicar o vice.

Será o desmonte das pretensões do deputado Targino Machado?

O partido escolhido para uma provável filiação pelo deputado seria o PP de João Leão, base de Rui Costa. A intenção, formar parceria com Carlos Geilson.

Se acontecer pode ser o golpe de misericórdia na candidatura à reeleição de Colbdert Martins, com ou sem o apoio de José Ronaldo.

Por outro lado, existe a candidatura de Zé Neto (PT), que não  se movimenta, apenas observa as especulações dos adversários. Pode ser uma estratégia plausível visando definir qual o marketing a ser definitivamente adotado.

É um tanto controverso essa decisão, os espaços inesperados podem estar sendo preenchidos e quando despertar para a campanha, talvez seja muito mais complicado do que se espera.

Atualmente quem mais gera fatos é o deputado Targino Machado, que utiliza argumentos legítimos na defesa da fidelidade partidária.

Ele além de possuir certa densidade eleitoral, para a direita é um membro autêntico e confiável no que diz respeito ao procedimento ideológico. São comentários que temos ouvido desse segmento.

A situação política do ex-prefeito José Ronaldo não é confortável, além do desencontro político partidário, os desdobramentos da Operação Pityocampa e outras novidades que podem surgir, serão fatos que abalam sua condição eleitoral e também de liderança.

A intensidade desses “sismos” não pode ser previstas ou afirmada sobre sua capacidade destrutiva. Mas são reais.

Essa será uma prova de fogo para a experiência e habilidade política de José Ronaldo, que não pode ser menosprezada.

Carlos Lima

Comentários

comentários

Veja também