Carlos Lima
Hoje dia 22/09/2017 às 06:34:25

Feira
Carlos Lima | Publicado em 17/08/2017 às 12:57:37

Alimentação balanceada melhora índice de aprendizagem

Alimentação balanceada melhora índice de aprendizagem O grupo Quixabeirinha da Matinha, formado por estudantes da Escola Municipal Rosa Maria Esperidião Leite, do distrito da Matinha, animou a plateia

As escolas que fornecem uma alimentação balanceada possuem índices de aprendizagem melhores, observa o técnico do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Olavo de Oliveira Braga Neto. Ele diz que a má alimentação traz consequências negativas para os alunos e para as unidades de ensino. “Infelizmente, muitas crianças ainda dependem da escola para que sejam nutridos e o rendimento delas está ligado a isso”, adverte.

Seu colega técnico do FNDE, Jader Leite, fala que alimentação na escola é algo extremamente necessário. “No nosso setor, nada acontece de um dia para o outro, são longos processos de mudança, e é por isso que devemos debater estes assuntos para promover melhorias”, afirma.

Responsáveis pelo encontro de formação, técnicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que estiveram em Feira de Santana desde a última segunda-feira, 14, destacaram a importância de conhecer de perto a realidade do município. Para Jader, este é o momento de “olhar nos olhos, explicar o que é o FNDE e conhecer de perto o trabalho de vocês”.

Os técnicos do FNDE vieram de Brasília a fim de monitorar e acompanhar a merenda oferecida nas escolas quilombolas. Eles visitaram dez escolas do município e apresentaram aos participantes do encontro de formação os princípios do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e discutiram a importância do Conselho de Alimentação Escolar (CAE).

Conforme a professora Isaura Beatriz Cerqueira Ribeiro, da Escola Municipal da Amizade, do distrito de Humildes, muitas vezes a unidade de ensino fornece a refeição mais importante para as crianças no dia. E o rendimento delas é afetado quando não estão bem alimentados. “Geralmente, eles perdem o foco e ficam inquietos, é perceptível a diferença em sala de aula”, avalia.

Quixabeira da Matinha animou participantes

O grupo Quixabeirinha da Matinha, formado por estudantes da Escola Municipal Rosa Maria Esperidião Leite, do distrito da Matinha, animou a plateia com uma apresentação em que destacam o trabalho de valorização do samba de roda realizado na unidade de ensino.

Secom

Comentários

comentários

Veja também