Colapso no trânsito feirense se agrava com falta de energia/por Carlos Lima

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Trânsito em Feira de Santana agoniza

Falta de comprometimento com a administração pública em Feira de Santana se tornou corriqueira nos últimos 20 anos. O exemplo pode ser visualizado na manhã dessa sexta feira (20), quando um blecaute no fornecimento de energia elétrica deixou a cidade em estado deplorável, quanto ao fluxo de veículos.

O caos no trânsito está em pleno desenvolvimento, os riscos de acidente grave podendo vitimar pessoas é um fato real.

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte está completamente omissa no controle do sistema de tráfego de veículos.

Com todas as sinaleiras desligadas até o momento, não existe Agente de Trânsito nos principais cruzamentos do centro da cidade, tendo como pontos mais críticos, cruzamentos da Avenida Presidente Dutra, Getúlio Vargas,  Senhor dos Passos, Rua Marechal Deodoro entre outros,  que  estão completamente abandonados à sua própria sorte.

 Esse é um exemplo claro de que o governo municipal não deu e não dá prioridade ao planejamento da cidade nos últimos 20 anos e o desastre de mobilidade são iminentes.

Como o prefeito pode justificar a ausência dos Agentes de Trânsito, no mínimo, nos pontos mais nervosos da cidade, quando todo o processo de sinalização eletrônica está travado pelo colapso de energia na cidade?

Esse é mais um dos motivos pelos quais precisamos mudar.

Carlos Lima

OUTRAS NOTÍCIAS