Carlos Lima
Hoje dia 28/03/2020 às 21:14:33

Feira
Carlos Lima | Publicado em 19/03/2020 às 10:04:16

Colbert diante de uma encruzilhada política/Carlos Lima

Colbert  diante de uma encruzilhada política/Carlos Lima

Demonstrando desconhecer a delicada  posição de Colbert Martins no MDB, em consequência da Operação Voucher, e demonstrando impaciência com a falta de definição do ex-prefeito José Ronaldo em relação à chapa majoritária a ser apoiada pelo DEM, os vereadores que participaram de uma reunião,  afirmaram que Colbert Martins deveria deixar o MDB e se filiar ao Democratas.

Colbert já declarou de forma categórica que não deixará o seu partido.

Outra situação que deixa os vereadores angustiados é a demora na formatação da chapa de vereadores pelo DEM, que será indubitavelmente comandada pelo ex-prefeito, que não vai abrir mão  dessa  força, para manter, até certo ponto, o controle político no município, como forma de preservar sua liderança.

Esse fato implica na composição de uma chapa de vereadores, onde os eleitos sigam fielmente a liderança dele. Não poderá ser qualquer um.

Ao postergar a definição dessa chapa, José Ronaldo está usando  de  sua experiência política para selecionar  nomes de confiança e com reais possibilidade de eleição.

Muita gente que faz parte da bancada de apoio ao prefeito Colbert Martins e se dizem sob a liderança de José Ronaldo, andou mostrando as unhas nessa legislatura, que se finda.

Colbert sendo reeleito prefeito de Feira de Santana assumirá a prefeitura com mais poder de decisão do que possui no momento, consequentemente José Ronaldo perderá, em muito, o poder de influenciar as decisões do alcaide.

Portanto, para compensar essa possibilidade, deverá fazer uma forte bancada de vereadores para manter um equilíbrio de forças políticas.

Esse é um dos principais motivos por que o ex-prefeito não apoia o nome do deputado estadual, Targino Machado, mesmo sendo do seu partido.

Nesse xadrez político Ronaldo ainda é o comandante. Suas decisões atuais podem definir a permanência como líder político, ou o início de sua queda.

Carlos Lima

Comentários

comentários

Veja também