Carlos Lima
Hoje dia 07/12/2019 às 07:03:48

Feira
Carlos Lima | Publicado em 27/11/2019 às 12:36:08

COLBERT TENTA COLORIR A MISÉRIA EM ANO PRÉ ELEITORAL/POR CARLOS LIMA

COLBERT TENTA COLORIR A MISÉRIA EM ANO PRÉ ELEITORAL/POR CARLOS LIMA

É surreal o que acontece neste fim de ano em Feira de Santana.

O município deve ser o pior do Estado em iluminação público, tomando-se por base ser ele o maior e mais importante do interior da Bahia.

O transporte coletivo é o mais caro e o não cumpre o contrato assinado, seus ônibus são praticamente sucateados e poucos em condições de prestar um serviço de transporte coletivo razoável, vivem sob ameaça de apreensão por bancos que os financiaram.

Isso tudo sem abordarmos os corredores viários do transporte coletivo que são praticamente inexistentes.

As obras de pavimentação realizadas são de péssima qualidade. Utilizam-se desse expediente para ampliar realizações e manipular os recursos e a opinião pública.

Se pavimentadas a asfalto a frio se desmancham com o primeiro chuvisco, se a paralelepípedos afundam até com a passagem de carroças.

A cidade na época das monções vive alagada devido à falta de preservação do caminho das águas, falta eficiente sistema de drenagem.

Na saúde o desastre é eminente, o povo sofre com falta de medicamentos, atendimentos de péssima qualidade, recentemente a operação Pityocampa descobriu desvio de milhões de reais  no município através de uma cooperativa de saúde.

Nos conjuntos residenciais construídos pelo Programa Minha Casa Minha Vida, o município não cumpriu com suas obrigações. Eles estão praticamente abandonados em sua infra-estrutura. Falta iluminação eficiente, escolas, unidades de saúde, serviço de limpeza pública adequada às necessidades dos moradores, etc.

Diante de tais problemas administrativos não reconhecidos pelo governo municipal. Ás vésperas do ano eleitoral e com a intenção de ser bem sucedido no seu projeto de reeleição o prefeito Colbert Martins lança um programa intitulado Morar Melhor.

Objetivo é a realização de melhorias que incluem serviços de pintura, instalação de esquadrias, recuperação ou troca de telhado, substituição de louças sanitárias e reboco.

Como a população vai morar melhor na cidade que enfrenta problemas muitos mais graves e que ferem profundamente a qualidade de vida de seu povo, principalmente os mais carentes.

Se esse programa tivesse sido implantando quando ele assumiu a prefeitura, juntamente com uma  reestruturação administrativa para resolver os problemas mais graves do município, até que seria admissível reconhecer que  esforços para se morar melhor estava acontecendo com o lançamento desse malfadado programa.

Essa atitude nada mais é do que uma tentativa de engabelar o povo, conquistar suas consciências com ações de reboco e casa colorida, sedando a consciência dessas vítimas esquecidas pelo poder público,  só lembradas em ano eleitoral.

É preciso mudar

Carlos Lima

.

 

Comentários

comentários

Veja também