Carlos Lima
Hoje dia 20/09/2018 às 12:12:24

Feira
Carlos Lima | Publicado em 07/11/2016 às 11:06:37

Deputado Zé Neto adota postura de cabo eleitoral ao avaliar gestão de José Ronaldo

Interesses outros circundam essa avaliação. Tem carne debaixo desse angu e José Ronaldo ganha mais um aliado político

Deputado Zé Neto adota postura de cabo eleitoral ao avaliar gestão de José Ronaldo Zé Neto o mais fiel cabo eleitoral de José Ronaldo

Um bom compromisso radiofônico aos domingos é o programa do decano na  comunicação feirense, Silvério Silva, na emissora Subaé.

O convidado do domingo (06), para o quadro “Pra quem você tira o Chapéu”, foi o deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia, José de Cerqueira Neto – Zé Neto (PT).

Pasmem os senhores, opositor ferrenho ao governo de José Ronaldo, derrotado por ele nas eleições municipais desse ano, crítico contumaz das ações dele, perguntado por Silvério Silva qual a nota que daria ao governo do prefeito José Ronaldo, ele de forma surpreendente deu nota 7.

Ou seja,.até a oposição mais forte de Feira de Santana ao governo Ronaldo, reconheceu como ‘”bom, aproximando-se do conceito ótimo” a gestão do seu adversário.

Quando afirmamos que José Ronaldo é a maior liderança política de Feira de Santana e de sua micro e macrorregião muitos contestavam ou ficavam aborrecidos com as nossas colocações.

No domingo o líder da oposição no município reconhece de público, no programa de Silvério Silva, que a administração de José Ronaldo está acima da média; que é o maior líder político de Feira.

Zé Neto reconhece que sua candidatura foi um equívoco político; ao admitir que o seu adversário merece uma notra 7 pela administração exercida no município,  o fato confirma que ele cometeu um erro (mais uma vez)  ao se candidatar.

Ao mesmo tempo nos deixa uma certeza. Ele nunca quis ser prefeito de Feira de Santana, suas candidaturas eram um jogo de cena para manter os holofotes sobre si, com o objetivo favorecer suas seguidas reeleições e o mesmo deverá se repetir em 2018.

Outro fato que nos chama a atenção e cria curiosidade; a) O declínio eleitoral do PT;  b) a perca de votos; c) a redução da representação política nos municípios brasileiros; d) o crescimento do nome de ACM Neto como futuro governador da Bahi.

Será que essa provável mudança de poder não está despertando a procura de um ninho mais ‘acolhedor’.

Quem conhece bem o deputado Zé Neto, define que esse reconhecimento a gestão de José Ronaldo não foi emitida de forma desinteressada. A visão de futuro político do deputado está movendo as placas tectônicas sob os seus pés.

A justificativa que ele tentou fazer ficou ridícula: “Dei nota sete para o prefeito José Ronaldo, para que ele resolva os problemas que tem que resolver, que tenha acima de tudo respeito pela votação que o povo deu para ele”, disse.

Como sempre, o deputado em determinadas ocasiões deixa claro uma ação de preservação política individual e uma analise mais voltada para a defesa dos próprios interesses.

cljornal

Comentários

comentários

Veja também