Carlos Lima
Hoje dia 08/12/2019 às 02:16:51

Feira
Carlos Lima | Publicado em 04/12/2019 às 09:42:31

Estudantes do Joselito Amorim vão enxergar melhor graças ao Projeto Ver e Viver.

Estudantes do Joselito Amorim vão enxergar melhor graças ao Projeto Ver e Viver. Fotos: Tarcilo Santana

A visão é um dos sentidos mais importantes para o ser humano. Cada pessoa pode enxergar bem, com dificuldade ou até mesmo não enxergar, dependendo de cada caso. Para garantir que estudantes da Rede Municipal de Educação tenham a chance de cuidar do déficit visual, a empresa Belgo Bekaert Arames, em parceria com a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação, doou na manhã desta terça-feira, 3, óculos de grau para 131 estudantes do Centro Integrado de Educação Municipal Professor Joselito Falcão de Amorim.

A iniciativa, que conta com o apoio do Governo do prefeito Colbert Martins Filho, é do Projeto Ver e Viver, que desde 2014 promove para estudantes das escolas públicas municipais e outras instituições a triagem para realização de exames com oftalmologistas e também a doação de óculos de grau.

“A autoestima destes alunos melhorou muito. Eles tiveram a chance de escolher qual modelo queriam, além de saber que iriam enxergar melhor. Além da felicidade estampada no rosto deles, isso com certeza irá refletir também na aprendizagem do estudante”, avalia a professora Marta da Graça Lima, diretora da unidade de ensino.

Segundo Tamylla Rosa, responsável pelos projetos sociais da Belgo, a cota anual da iniciativa é de até mil alunos, que foi atingida apenas com o Joselito Amorim. “Normalmente atendemos mais de uma escola, mas aqui eram tantos estudantes com a necessidade de usar óculos que nossa meta foi atingida. Pudemos ajudar até mais do que anteriormente, saindo de uma média de 40 para 100 beneficiados”, relata.

Quem recebeu os óculos estava entusiasmado com a possibilidade de finalmente enxergar bem o conteúdo dado em sala de aula. “É a primeira vez que irei usar, mas já sabia que tinha problema de visão. Estávamos preocupados com o gasto, mas felizmente ganhei os óculos e estou muito feliz”, conta o estudante do 9º ano, Felipe da Silva Lima.

As parcerias foram uma importante parte para a concretização do Projeto Ver e Viver. A empresa Belgo contou com o apoio da Clinos – Clínica de Olhos, para a realização dos exames oftalmológicos dos 180 estudantes que apresentaram a suspeita de déficit visual, e também das lojas franqueadas da Ótica Carol – que forneceram as armações e lentes.

“Nos preocupamos muito com a visão infantil e a Belgo tem esse compromisso. Temos muito prazer em participar deste tipo de ação e já somos parceiros há quatro anos. Existem casos que as pessoas acham que a criança não está indo bem nos estudos por falta de interesse, mas é apenas dificuldade de enxergar”, constata Cristina Siqueira, empresária da Ótica Carol.

PMFS

Comentários

comentários

Veja também