Carlos Lima
Hoje dia 19/08/2018 às 19:43:46

Feira
Carlos Lima | Publicado em 04/02/2018 às 17:21:28

Feira de Santana: Barracas invadem Ruas na Feirinha do Sobradinho

Feira de Santana: Barracas invadem Ruas na Feirinha do Sobradinho O mercado de carnes

A administração executiva do município de Feira de Santana tem como seu principal calcanhar de Aquiles a Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico, que ao longo de aproximadamente oito anos não apresentou qualquer ação na área de turismo e muito menos conseguiu ordenar o centro da cidade, mesmo em situações consideradas mais elementares.

 

As avaliações negativas do desempenho dessa pasta conseguem passar despercebidas por que são diluídas na alta aprovação do governo de José Ronaldo.

Mesmo com as reformas que estão sendo realizadas na feirinha do Sobradinho com obras obedecendo aos padrões sanitários exigidos pelo Ministério da Agricultura, em destaque o Mercado de Carne que será inaugurado no dia 11 de março, a secretaria não consegue acompanhar a aprovação do governo municipal

O mercado foi projetado para comportar quarenta boxes de carnes  medindo quatro metros quadrados cada,  equipados com balcões frigoríficos, serra-fita, pia inox e água corrente.
A área construída é de 290 metros quadrados, enquanto a área coberta é 348 metros quadrados.

Os antigos sanitários da feirinha foram totalmente reformados, também visando a oferecer um melhor conforto a feirantes e frequentadores do entreposto comercial.

No entanto, a secretaria abandona a fiscalização da área e feirantes já iniciaram a instalação de barracas de madeira nas ruas estreitas do entorno da feirinha.

Com certeza os espaços já foram catalogados e acreditamos não ser permitida a ampliação desse espaço com barracas tomando as ruas laterais da feirinha do Sobradinho.

Não existe nenhuma possibilidade de justificativa. Mas a secretaria continua utilizando as promessas como realizações e a prática na comparação com o todo é um verdadeiro desastre, que pode ser facilmente comprovado com uma visita ao setor urbano do município, em particular ao centro da cidade.

 Não dá para entender porque uma secretaria que tem a responsabilidade de ordenar o comércio ambulante no centro da cidade de Feira de Santana demonstra tanta incompetência  operacional.

cljornal

Comentários

comentários

Veja também