Carlos Lima
Hoje dia 20/09/2018 às 19:54:33

Feira
Carlos Lima | Publicado em 14/09/2018 às 16:32:34

Governo Municipal se mobiliza em torno da campanha “Feira Pede Paz”

Governo Municipal se mobiliza em torno da campanha “Feira Pede Paz” Prefeito Colbert abre campanha

Por uma chance à paz, a Secretaria de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos (Seprev) deflagrou, na manhã desta quinta-feira, 12, a campanha “Feira Pede Paz”, ação que envolve todas as secretarias do Governo Municipal, indignado com a escalada da violência que, só este ano, já ceifou a vida de 295 pessoas na cidade.

Aberta oficialmente na “Casa da Paz”, um stand armado no canteiro da Avenida Getúlio Vargas, com a presença do prefeito Colbert Martins Filho e todo o secretariado, representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), e de segmentos religiosos, a campanha “Feira Pede Paz”, será levada às escolas da rede pública, praças e bairros da cidade, através de uma caravana motivacional.

A Caravana da Paz tem como símbolo um origami em formato de pomba, que está sendo distribuído e multiplicado em oficinas itinerantes que ensinam como confeccionar as peças, a partir de uma folha retangular de papel branco.

O movimento consiste ainda em distribuir bottons, adesivos e plotagem de carros com a marca da campanha, bem como levar mensagens alternativas sobre a cultura da paz, a exemplo de apresentação de vídeos e abordagens sobre o tema.

O secretário Pablo Roberto Gonçalves (Seprev), afirmou que “a campanha tem como meta mobilizar a comunidade feirense a fortalecer a cultura da paz e a não violência, além de refletir sobre como podem promover a paz em seus espaços de convivência”.

Indignou-se o prefeito Colbert Filho (foto), após ouvir o testemunho emocionado de Laion Guimarães, que se antecipando à sua fala, narrou o drama vivido por seu pai, abandonado numa estrada periférica da cidade, depois de ter sido assaltado e colocado no porta-malas do próprio carro. “Desde então”, contou Laion, “meu pai passou a conviver com os traumas psicológicos decorrentes da brutalidade de que foi vítima.

Invocando a Constituição Nacional, Colbert Filho enfatizou a responsabilidade do Governo do Estado em promover as ações de prevenção e de segurança para os cidadãos: “Quem morre mais são pobres, jovens e negros, e para mudarmos isso nós temos que estar juntos”, disse.

Comentários

comentários

Veja também