Carlos Lima
Hoje dia 16/07/2019 às 12:48:44

Feira
Carlos Lima | Publicado em 08/02/2019 às 13:59:12

Moradores de rua de Feira de Santana buscam qualificação profissional através de cursos oferecido pelo Cicaf

Moradores de rua de Feira de Santana  buscam qualificação profissional através de cursos oferecido pelo Cicaf 500x200

Cursos profissionalizantes oferecidos pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (sedeso), através do Centro Integrado de Capacitação e Apoio ao Adolescente e Família Professora Gilza Melo (Cicaf), são a porta de entrada para 12 moradores em situação de rua ingressarem no mercado de trabalho.

Com isto também a perspectiva do governo do prefeito Colbert Martins Filho é de que estas pessoas retornem ao convívio familiar.

A iniciativa foi definida pelo secretário licenciado de Desenvolvimento Social (Sedeso), Ildes Ferreira, ao ressaltar a importância da inclusão social a partir da preparação da mão-de-obra e da oportunidade de inserção dos moradores em situação de rua no mercado de trabalho, tanto como empregados quanto autônomos, algo que os cursos do Cicaf possibilitam.

O encaminhamento aos cursos profissionalizantes está sendo realizado com intermédio do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua Elisabete Gomes Martins (Centro Pop), equipamento da Sedeso.

A coordenadora Ediane Sibele Santos explica que os cursos mais procurados pela população em situação de rua são de corte de cabelo, informática e garçom.

O chefe da Divisão de Proteção Social Especial da Sedeso, Roque Moraes, observa que a iniciativa contribui definitivamente para a saída destas pessoas das ruas, através de uma ação que eleva a autoestima.

Oficialmente, as matrículas no Cicaf serão abertas no período de 11 a 15 deste mês, das 8 às 12 e das 14 às 17hs. Entretanto, como público prioritário, os demandatários assistidos pelo Centro Pop já foram encaminhados para o cadastro reserva.

Estão sendo oferecidas 720 vagas, distribuídas entre 13 cursos profissionalizantes, destinados tanto aos adolescentes quanto aos seus familiares.

E os candidatos devem comparecer apresentando cópias do CPF, RG e comprovante de residência, além de espelho do NIS ou do cartão do Bolsa Família.

PMFS

Comentários

comentários

Veja também