Carlos Lima
Hoje dia 16/10/2018 às 21:04:35

Feira
Carlos Lima | Publicado em 30/07/2018 às 15:54:52

O BAIXO NÍVEL DE ESCOLARIDADE DOS VEREADORES AFETA A QUALIDADE POLÍTICA

O BAIXO NÍVEL DE ESCOLARIDADE DOS VEREADORES AFETA A QUALIDADE POLÍTICA Câmara Municipal de Feira de Santana

É do conhecimento geral que o considerado baixo nível de escolaridade dos nossos representantes políticos, em todo o território nacional, é um fato comprovado que se alastra como uma erva daninha.

Esse cenário em Feira de Santana explicita que a exceção é a regra, tornando-se um dos mais dantescos de sua história Legislativa.

Na verdade o que se apresenta está falido e requer medidas urgentes.

Se o poço tem fundo, nós já nos encontramos nele há muito tempo.

Este padrão referenda apenas os anseios de uma classe de políticos que se profissionalizaram e usam os menos capazes para atingirem seus fins, o povo que se iluda com as ações desses embusteiros e manipuladores de mentes e corações.

Eles são os condutores, premia o que há de pior, ditam as ordens e nós acabamos atuando como protagonistas de toda essa ópera bufa.

Se não vejamos quem são os nossos representantes no Pode Legislativo que assumiram no 1 de janeiro de 2017:

Dos 21 vereadores apenas 05 (cinco) possuem curso superior; 02 (dois) com ensino fundamental incompleto; 01 (um) com fundamental completo e 13 (treze) com ensino médio completo.

Diante desse cenário pode ser considerado bisonho, toda e qualquer esperança que se possa ter sobre o desempenho minimamente aceitável, de suas excelências é praticamente inconcludente.

Com a baixa escolaridade dos seus representantes perde o povo, ganha os profissionais da política, que exercerá o controle do Legislativo  com muita tranquilidade, que a muito tempo se tornou um apêndice do Executivo.

Como Poder Independente resta à história.

Talvez esse quadro explique o alto índice de abstenções em Feira de Santana em 2016, para a legislatura de 2017 a 2020.

A abstenção atingiu a quantidade de 67.971 votos.

Brancos e nulos 39.936 votos.

Os votos válidos para Vereador ficou em 53% do eleitorado.

A renovação das cadeiras foram 11 dos 21 vereadores. Sendo que entre os 11, 4 já tinham sido vereadores, portanto a renovação propriamente dita foi de apenas 7 vereadores.

Essa é a triste representação do povo no Poder Legislativo em Feira de Santana, sendo que 17 vereadores fazem parte, ou faziam, da bancada que dá sustentação ao Executivo.

O que se pode esperar??????????????????????

cljornal

Comentários

comentários

Veja também