Carlos Lima
Hoje dia 16/10/2018 às 20:16:52

Feira
Carlos Lima | Publicado em 18/07/2018 às 15:51:21

Prefeitura de Feira faz laboratório com tecnologia de contato com o cidadão

Prefeitura de Feira faz laboratório com tecnologia de contato com o cidadão Tecnologia de contato cidadão

Já funciona em período experimental na Prefeitura de Feira de Santana, uma tecnologia que proporciona contato direto entre o cidadão e o governo, com espaço para solicitação de demandas diretamente às diversas secretarias e autarquias municipais.

É a plataforma 1DOC, um sistema que já funciona em várias grandes cidades e que chega a Feira de Santana de forma pioneira na Bahia.

Desde a última segunda-feira, 17, a plataforma 1DOC tem participado como piloto das rotinas da Fundação de Tecnologia da Informação Telecomunicações e Cultura Egberto Tavares Costa (FUNTITEC), escolhida por ser uma autarquia que promove inclusão à tecnologia e difusão de projetos científicos.

Também na Secretaria de Serviços Públicos (SESP), que possui muita demanda externa.

Após período de seis meses para experiência e adaptação, a plataforma será usada em todas as secretarias e autarquias da prefeitura.

Neste primeiro momento, a plataforma está sendo utilizada internamente, através de cadastro e adaptações.

O objetivo é que logo seja liberado o acesso ao público, onde o cidadão já vai acessar as demandas.

O objetivo da 1DOC é reunir todos os documentos de forma rápida, eficiente, segura e acessível.

A empresa operadora já tem o sistema instalado em cidades no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Paraíba, Pernambuco. Feira de Santana é a primeira da Bahia.

Katiuscia Gusmão, Chefe do Setor de Divisão Administrativa da Funtitec, acredita que a plataforma será uma boa aliada às demandas da autarquia, tendo em vista a praticidade e economia nas formas de produção.

“A ideia é otimizar o fluxo de informações dentro da Prefeitura. Inicialmente aqui na Fundação. Permitirá que a gente possa controlar, analisar essas informações e também facilitar a vida do cidadão, com demandas extras, além de economizar papel, tonner, combustível, carro, para manter esse fluxo de informações”, explica.

A plataforma tem o dinamismo e facilidades dos aplicativos utilizados no tablet ou celular. O solicitante receberá notificações através de sms ou e-mail.

“Hoje, o cidadão está habituado às tecnologias como whatsapp e facilidades de ter informações no celular. E ele gostaria de ter os serviços públicos com o mesmo dinamismo, com a mesma riqueza de informação que ele tem nos aplicativos”, compara Jéferson de Castilho, fundador da plataforma 1DOC.

Secom

Comentários

comentários

Veja também