Carlos Lima
Hoje dia 18/11/2017 às 17:35:58

Feira
Carlos Lima | Publicado em 17/10/2017 às 14:44:45

Sudene investirá R$ 709 mil em consultoria voltada para o Feira 2030

Sudene  investirá R$ 709 mil em consultoria voltada para o Feira 2030 A consultoria fará o levantamento dos atuais índices sociais e econômicos da cidade

 Planejamento estratégico da cidade para fazer frente aos desafios decorrentes das demandas que serão impostas ao Poder Público foi a tônica da reunião realizada, nesta segunda-feira,16, pelo Grupo de Trabalho Projeto Feira 2030, criado pela Prefeitura de Feira de Santana, por meio do Decreto 10.219, de 20 de março de 2017.

Presidido pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho, o encontro teve a participação do superintendente regional da Sudene, Marcelo Neves, que anunciou o investimento de R$ 709 mil para a realização de uma consultoria especializada para diagnosticar as variantes econômicas e sociais do município.

De forma abrangente, a consultoria proposta pela Sudene fará o levantamento dos atuais índices sociais e econômicos da cidade, estabelecendo o ano de 2030 como prazo para apresentar resultados positivos.

Com prazo para ser concluída entre dez meses a um ano, este trabalho envolverá a realização de oficinas e reuniões setoriais, que serão coordenados por um comitê gestor.

A estruturação e implementação do Plano serão arcados pela Sudene, que também se incumbirá dos projetos executivos definidos e desenhados. Este processo também vai incluir os vários planos que vêm sendo desenvolvidos na cidade pela sociedade civil, a exemplo do Grupo Pensar Feira.

Realizado em duas etapas, o encontro iniciou-se no Gabinete do Prefeito, pela manhã, e se estendeu pela tarde, na Secretaria de Planejamento.

Dele também fizeram parte o vice-prefeito Colbert Martins, coordenador do Feira 2030, os secretários do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior; Carlos Brito, de Planejamento; Sérgio Carneiro, de Meio Ambiente, Claudenir Moreira Machado, do Instituto Pensar Feira; João Batista Ferreira, diretor da FIEB.

Entre os técnicos da Sudene o economista José Freie, o geógrafo Robson Brandão, e Eduardo Machado.

Secom

Comentários

comentários

Veja também